Rio - O gramado do estádio Mané Garrincha deve receber um tratamento especial para a partida entre Flamengo e Santos, dia 1 de novembro, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Segundo o "ge", o diretor do Ninho do Urubu, Leandro Leme, tem acompanhado o estado do campo e, recentemente, visitou as instalações do local.
A administração do Mané Garrincha garantiu ao Flamengo que realizará uma troca parcial do gramado após o show Roger Waters, no dia 24 de outubro. Os administradores encomendaram 2,5 mil metros quadrados para a troca do gramado depois do evento. A nova grama será transportada em caminhões de São Paulo para Brasília.
Recentemente, a administração do estádio Mané Garrincha trocou a empresa que realizava a manutenção do gramado. A nova grama será colocada na área onde será montada a estrutura do palco do show de Roger Waters, que terá cerca de 1,9 mil metros quadrados. A troca deverá levar cerca de 48 horas.
O gramado do Mané Garrincha foi alvo de críticas após o clássico entre Botafogo e Flamengo, pelo Carioca. O Rubro-Negro mandará a partida contra o Santos no estádio por conta da final da Libertadores, no dia 4 de novembro, no Maracanã. O estádio estará sob controle da Conmebol a partir do próximo dia 23 e será devolvido após a decisão entre Fluminense e Boca Juniors, da Argentina.