Belo Horizonte - Apesar de ser corintiano declarado, o presidente Lula (PT) cornetou as atuações de Gabigol com a camisa do Flamengo, time da primeira-dama Janja. Durante um evento em Belo Horizonte, o petista afirmou que o atacante rubro-negro “perde mais gol do que marca”.
“Eu e a Janja, por exemplo. Ela é flamenguista e eu sou corintiano. Então, você vê o sofrimento que eu estou com o Corinthians quase no limbo e ela com o Flamengo dela cheio de coisa. Até contratou o Tite. A minha sorte é que o Gabigol perde mais gol do que marca. Então, estou tranquilo”, alfinetou o presidente.
Lula também revelou que, em Minas Gerais, torce pelo Cruzeiro, apesar do respeito que tem pela torcida do Atlético-MG.
“O que eu quero é que a gente construa no país uma relação civilizada. Dois políticos podem ser de partidos diferentes, ser de religiões diferentes. Torcer, aqui em Minas Gerais, para times diferentes. Por exemplo, eu sei que a maioria de mineiro é atleticano, mas eu torço para o Cruzeiro”, declarou o petista.
“Eu nasci antes da geração Paulo Isidoro. Eu nasci na Seleção do Tostão, do Dirceu Lopes, do Joãozinho, do Natal. Foi essa geração que me fez conhecer o futebol de Minas Gerais. Depois veio o Atlético com aquele timaço, mas eu já tinha feito a opção, porque eu vi o Cruzeiro enfiar 6 a 2 no Santos com Dorival, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe”, finalizou.