Lucas Paquetá x Matheus Fernandes: parceiros na Seleção, rivais na base e protagonistas no profissional

O clássico carioca de hoje à noite coloca frente a frente duas das maiores revelações de Flamengo e Botafogo dos últimos anos. De um lado, Lucas Paquetá é unanimidade e cada vez mais importante no meio-campo rubro-negro; do outro, Matheus Fernandes vem se confirmando na efetiva proteção à zaga alvinegra. O embate entre os gigantes cariocas está marcado para as 19 horas, no Maracanã.

E não será o primeiro encontro dos jovens meio-campistas. Como ambos têm 20 anos, eles se cruzaram em diferentes competições nas divisões de base, e trabalharam do mesmo lado na Seleção da categoria, no quadrangular preparatório para o Sul-Americano Sub-20, competição disputada no final do ano de 2016.

- É um jogador com quem já treinei junto e joguei contra, na base. Ele é extremamente qualificado. Quero parabenizá-lo pelo campeonato que vem fazendo, mas não podemos ficar preocupados com um atleta só. Não podemos dar espaço nem para ele nem para ninguém - alerta Matheus, sobre o contemporâneo do rival.

Lucas Paquetá estreou pelo time profissional do Flamengo em março de 2016 e se consolidou no ano passado. Já o volante do Botafogo, que também era apontado como promessa desde a categoria juvenil, atuou pela equipe principal pela primeira vez em 2017. Ambos vão convencendo cada treinador que passa pelo clube de que uma das vagas de titular merece ser deles.

Hoje, os comandados de Maurício Barbieri jogam pela liderança do Campeonato Brasileiro. Marcos Paquetá, em seu segundo jogo no comando do Botafogo, tenta levar o time a uma região mais perto das vagas na Copa Libertadores - e, consequentemente, mais distante da zona de rebaixamento. Para Diego Alves, goleiro rubro-negro, a concentração precisará ser total no duelo deste sábado.

- Importância tem que ser dada para todos os atletas. Não tem margem de erro. Temos uma pequena vantagem na liderança, mas o São Paulo também não tem vida fácil. O Botafogo é um time bastante difícil. Contra o Corinthians, foram bem. Perderam, mas tiveram oportunidades - lembra o camisa 1.

E uma vitória em clássico fará bem ao futuro dos jovens.

NO CAMPO E NO COFRE: DUPLA ESTÁ VALORIZADA
Além de estarem contribuindo em campo, a perspectiva tanto para Lucas Paquetá quanto para Matheus Fernandes é de também ajudarem nas finanças de Flamengo e Botafogo. Ambos são cotados como possíveis vendas para clubes do futebol europeu. O rubro-negro já foi especulado no Liverpool, da Inglaterra, enquanto o alvinegro já recebeu sondagem até do Barcelona.

Em termo de valores, a multa rescisória de Paquetá é de R$200 milhões. Por sua vez, Matheus tem cláusula de liberação para clubes estrangeiros fixada em dólares: são US$40 milhões (na cotação atual, R$151.148.000,00). Para clubes brasileiros, o valor é menor, mas também alto: R$100 milhões.

O valorizado meia do Flamengo, se vendido, vai colaborar no aumento de receita do clube. No caso do volante, a diretoria alvinegra nem esconde que espera por boas propostas para ajudar a sanar as dívidas que geram atrasos de salários. E apesar de especulações e sondagens de um lado e de outro, ainda não chegaram às mesas dos respectivos presidentes propostas pelos jogadores rivais desta noite.

Montagem Paquetá e Matheus Fernandes

Jovens deverão disputar espaços próximos no Maracanã (Gilvan de Souza / Flamengo e Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Fonte: Lancenet

Comentários

Jogos

Próximo jogo 1 dia, 22 horas a partir de agora
Brasileirão Série A
Atlético PRAtlético PR
X
FlamengoFlamengo
Dom 19/08 / Arena da Baixada / 11h00
Copa do Brasil
FlamengoFlamengo
- x -
GrêmioGrêmio
Últimas
+ Lidas da semana