Rio - O Flamengo terá duelo decisivo pela vaga nas oitavas de final da Libertadores da América nesta quarta-feira (15). O Rubro-Negro enfrenta o Bolívar, no Maracanã, às 21h30 (de Brasília), pela quinta rodada da fase de grupos, e precisa da vitória para se manter vivo na briga pelo mata-mata.
Técnico da equipe boliviana, Flávio Robatto projetou o confronto e passou a responsabilidade para as mãos do Flamengo. "A equipe está muito necessitada, são obrigados a ganhar. Eles têm o melhor elenco do continente. Será muito difícil, mas esperamos estar a altura", afirmou.
O Bolívar é o líder do Grupo E, com 10 pontos. São seis de vantagem para o Flamengo, terceiro colocado. Mesmo se perder o jogo no Maracanã, o time boliviano estará praticamente garantido nas oitavas de final. O segundo colocado, Palestino, pode alcançar os mesmos 10 pontos, mas tem nove gols de saldo a menos na tabela.
Porém, de acordo com Flávio Robatto, os jogadores desejam o protagonismo no Rio: "Esta quarta-feira será não só um desafio futebolístico, porque provavelmente estaremos classificados quando acabar a partida, mas sim um desafio pela glória. É um desafio emocional para os atletas, que estão com muita gana para mostrar que podem ser protagonistas em um duelo tão difícil".
Situação na tabela
Após o empate entre Millonarios e Palestino na última terça-feira (14), o Flamengo voltou a depender somente de si para avançar às oitavas de final. Para isso, o Rubro-Negro precisa vencer os dois jogos que faltam na fase de grupos.
O primeiro será nesta quarta-feira (15), diante do Bolívar, e, o segundo, contra o Millonarios, também no Maracanã, dia 28.