Na mira do Flamengo para a temporada, o zagueiro Léo Ortiz voltou a comentar sobre sua negociação com o Rubro-Negro após atuar pelo Bragantino no último sábado (17), contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista. Em entrevista coletiva após o término do jogo, o defensor voltou a admitir seu interesse em defender o clube da Gávea.
"Eu vou ser bem simples. Porque assim que comecei a jogar eu dei um passo atrás nas negociações, porque eu tenho respeito pelo clube que eu estou. Então valorizo muito. As pessoas que cuidam da minha carreira sabem o que eu quero e da maneira que eu quero que seja feita. O clube (Bragantino) também e o clube (Flamengo) que está atrás sabe da minha vontade, então espero que as coisas possam acontecer", afirmou Léo Ortiz.
A novela do interesse do Flamengo sobre Léo Ortiz é antiga. O Rubro-Negro sempre demonstrou o desejo de contar com o zagueiro, mas, após a chegada de Tite, que indicou o jogador, essa vontade se tornou maior, e ele é uma das prioridades do clube para essa janela.
A princípio, o Bragantino pediu 12 milhões de euros (R$ 63 milhões) para negociar Léo Ortiz. O Flamengo, entretanto, viu o valor como alto, mas continuou conversando com a equipe de Bragança Paulista para encontrar um preço que agrade aos dois lados. Após negociações, o clube pertencente à Red Bull aceita vender o zagueiro por 8,5 milhões de euros (R$ 45 milhões), preço que a diretora rubro-negra enxerga com bons olhos.