Rio - O zagueiro Léo Ortiz, do Red Bull Bragantino, manifestou ao clube paulista na última terça-feira (12) o desejo de se transferir para o Flamengo . Ciente dos impasses financeiros da negociação, o defensor interrompeu as férias para participar das conversas. As informações são do 'ge'.
Léo Ortiz já tem um acerto de valores encaminhado com o Flamengo para um contrato de cinco anos. Ele aguarda um acordo entre os clubes. O impasse seria a diferença entre a oferta e a pedida. Por isso, o jogador reforçou ao diretor executivo do Bragantino, Diego Cerri, para que flexibilizasse a negociação a partir do momento que chegasse algo que interessasse.
O Flamengo ofereceu, inicialmente, 5 milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões), mas o Bragantino surpreendeu com pedida acima até mesmo dos 6.5 milhões de euros (aproximadamente R$ 35 milhões), que era o valor inicial desejado pelo clube. Diante da disparidade, o Rubro-Negro deu um passo para trás e, por isso, Léo Ortiz se posicionou para solicitar a flexibilização do acordo.
A expectativa é de que o clube paulista seja mais maleável a partir de agora. O Bragantino chegou a oferecer uma renovação para o zagueiro, com aumento salarial, mas Léo Ortiz está decidido. Ele entende que é o momento certo para dar um passo maior na carreira. O fator Tite também influencia na decisão do atleta.
O treinador do Flamengo é amigo do pai do defensor, Luis Fernando Ortiz, campeão do mundo de futsal pelo Brasil, e já manifestou o desejo de contar com o zagueiro a partir de 2024.