Rio - Titular na vitória do Flamengo sobre o Millonarios, por 3 a 0, na última terça-feira (28) , o zagueiro Léo Ortiz avaliou como se sente neste momento da temporada. Além disso, ele falou sobre o entrosamento com David Luiz, seu parceiro de zaga no confronto pela última rodada da fase de grupos Libertadores.
"Acho que ainda não estou 100%. Acho que ainda faltam algumas coisas, até por questão de ritmo de sequência, mas a gente não controla. A gente controla só a parte dos treinos e se eu tiver bem as oportunidades vão surgir", ponderou.
"O David Luiz estava acostumado a jogar nos treinos também. O professor Tite costuma rodar muito, não só os zagueiros, mas os laterais, para que a gente esteja pronto para quando tiver a oportunidade estar acostumado a jogar com todos", completou.
A dupla de zaga rubro-negra teve boa atuação no Maracanã e colaborou para que o time não sofresse dentro de campo. Sem Fabrício Bruno - que negocia com o West Ham - e Léo Pereira, lesionado, os defensores reservas do Flamengo conseguiram passar segurança.
A vitória assegurou a vaga nas oitavas de final da Libertadores. O time comandado por Tite avançou em segundo lugar do Grupo E, e aguarda o sorteio para descobrir quem será o adversário no mata-mata da competição.
Agora, o Flamengo vira a chave para o Campeonato Brasileiro: enfrenta o Vasco, no próximo domingo (2), às 16h (de Brasília), no Maracanã, em jogo válido pela 7ª rodada.