Júnior reprova invasão no Fla: "Não traz solução. É apenas para intimidar"


Insatisfeito com o desempenho do Flamengo no início da temporada 2016, um grupo de torcedores entrou no Ninho do Urubu , nesta segunda-feira, sem autorização, para cobrar explicações de jogadores, comissão técnica e dirigentes. O fato desagradou o elenco rubro-negro e foi questionado por Júnior, ídolo rubro-negro. De acordo com o comentarista da Rede Globo, esse tipo de atitude não traz benefícios ao time e só serve como intimidação.

- O que traz de benefício e solução um papo como esse? Não traz solução. É apenas para intimidar - disse ao " Seleção SporTV ".

Torcida organizada Flamengo (Foto: Gustavo Rotstein) Grupo de torcedores do Flamengo entra no Ninho do Urubu sem autorização (Foto: Gustavo Rotstein)


Assim como Júnior, Wagner Vilaron reprovou o ocorrido no centro de treinamento do Flamengo e criticou os dirigentes por não garantirem privacidade aos jogadores. O jornalista disse que, dentro das dependências do clube, os atletas precisam ser preservados, já que fora do horário de trabalho estão sujeitos aos questionamentos dos torcedores.

- Nas notas oficiais, os clubes são enfáticos, duros. Mas no trato pessoal, eles são mais coniventes (...). O clube não consegue dar essa tranquilidade ao atleta? Ele está trabalhando (...). Já não basta o aborrecimento que ele tem no dia a dia. Quando ele vai ao shopping, restaurante está sujeito a esse tipo de problema. Agora, no seu ambiente de trabalho, o clube não consegue garantir duas horas de treinamento sem esse tipo de pressão. Aí é o fim da picada.

Eliminado na semifinal da Primeira Liga, volta a jogar na quarta-feira contra o Vasco, em Brasília, pelo Campeonato Carioca. Derrotado pelo Volta Redonda no último sábado, o Rubro-Negro está na quinta posição da Taça Guanabara. O time de São Januário é o líder da competição.

LEIA MAIS:
Dirigente repudia ato de organizada do Fla e diz que não autorizou entrada



Fonte: Globo Esporte
)