Juiz vê "carta marcada" para empresa de Eike na concessão do Maracanã

Divulgação/FluminenseFC
Juiz entendeu que houve beneficiamento à empresa de Eike na concessão do Maracanã

Na sentença que determinou a suspensão da licitação do Maracanã, o juiz Marcello Alvarenga Leite, da 9ª Vara Pública do Rio de Janeiro, apontou um jogo de "cartas marcadas" no processo. O magistrado afirma que a IMX, empresa com participação acionária do empresário Eike Batista, foi a responsável pela elaboração do estudo de viabilidade técnica para a concessão por 35 anos. Assim, segundo Alvarenga, "antes mesmo da apresentação das propostas, já havia quebra do princípio da igualdade entre os concorrentes, pois o consórcio que não fosse integrado pela IMX teria de arcar com o ônus do pagamento do estudo prévio".

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Fonte: Uol

Comentários

Jogos

Próximo jogo 1 dia, 23 horas a partir de agora
Brasileirão Série A
SportSport
X
FlamengoFlamengo
Dom 18/11 / Ilha do Retiro / 17h00
Brasileirão Série A
FlamengoFlamengo
- x -
SantosSantos
Últimas
+ Lidas da semana