​​O gol marcado contra a Costa Rica, no último minuto, na vitória do Brasil por 2 a 0 , não fez com que Neymar escapasse das críticas. O jornal britânico " The Guardian" foi duro ao falar sobre o camisa 10 da seleção brasileira e acusar o jogador de tentar cavar faltas. De acordo com o periódico, o craque correu risco de ser expulso por se envolver em confusões e tentar " trapacear ".



"Foi um dia agitado para o jogador mais caro do mundo, fonte de atritos constantes, que resmungou, gemeu e se jogou no chão constantemente, podendo ter sido expulso por uma combinação de desentendimentos e trapaça".


A reportagem ainda falou sobre o choro de Neymar ao fim do jogo.


"Neymar chorou dramaticamente no gramado ao apito final, com os ombros tremendo e as mãos protegendo seu rosto do mundo", acrescentou.


​Veja como outros jornais pelo mundo destacaram a vitória do Brasil e analisaram a atuação de Neymar.