Logo Netfla

Inspiração em comemorações, 'boom' nas pesquisas, mercado e referência com a garotada: a Gabigolmania

No futebol brasileiro, o Flamengo, como costuma brincar Bruno Henrique, está em "outro patamar". E o atual campeão nacional e da América tem em Gabigol o seu principal personagem dentro de campo. O sucesso do camisa 9 é tanto que os efeitos vão além e pavimentam a recente Gabigolmania.

Por exemplo, após o heroísmo do atacante na final da Libertadores contra o River Plate, dois jogadores na Argentina comemoraram os seus respectivos gols em alusão ao atacante rubro-negro - com os muques à mostra. O primeiro foi Luis Leal, do Newell's Old Boys, justamente em duelo contra os Millonarios. Já o segundo, em vibração na última segunda-feira, veio da Segundona local, através de Brian Orosco, do Villa Dálmine.

'BOOM' NA NET

E aquela final ainda rende mais pano para manga. Segundo levantamento feito pela "Decode Research", especializada em pesquisa digital, as procuras envolvendo o nome de Gabigol, além de Jorge Jesus e de demais menções sobre o Flamengo, tiveram um aumento astronômico.

Como parâmetro o dia 23 de novembro, o da final em Lima (Peru), Gabigol foi citado em mais de 3 mil matérias digitais na semana anterior à decisão, sendo 51% entre estrangeiros e 49% entre brasileiros. Já depois do título continental,
as buscas envolvendo o atacante rubro-negro e Jorge Jesus saltaram em 500% na Inglaterra, de acordo com o site.

FICA EM 2020?

Como percebe-se, não é à toa que a negociação do Flamengo com Gabigol e seu estafe está sinuosa. Os extremos da corda estão sendo puxados. Cauteloso, o Fla acena ceder aos altos pedidos do centroavante, que, por sua vez, aguarda as movimentações do mercado e da Inter de Milão - que o emprestou até dezembro e pretende vendê-lo - para decidir o seu futuro.

Gabigol pode ser adquirido em definitivo pelo Flamengo por uma quantia na casa dos 15 milhões de euros (cerca de R$ 70 milhões). Oficialmente, o clube carioca não pretende tecer detalhes contratuais antes do Mundial de Clubes, a ser disputado em meados de dezembro, em Doha.

Cabe destacar que o camisa 9 é o artilheiro do Fla na temporada, do Brasileiro e da Libertadores - com 42 gols em 55 jogos, ao todo. É possível que Gabriel Barbosa brilhe no Qatar e, independente de ficar ou não em 2020, se torne ainda mais ídolo da Nação. Aliás, hoje é referência até para não rubro-negros.

Gabigol já foi muito tietado por crianças gremistas e palmeirenses, inclusive pelo filho de Felipe Melo, o que fez com que parte da torcida não digerisse bem , antes de jogos do Flamengo, fora de casa. Ou seja, é inegável que temos um cada vez mais raro protagonista a nível nacional em nosso futebol.

Ver essa foto no Instagram

Não é só futebol.. É amor ❤️💚

Uma publicação compartilhada por Gabriel Barbosa 🇧🇷 (@gabigol) em

Fonte: Lancenet

Comentários

Jogos

Próximo jogo 20 horas a partir de agora
Brasileirão - Série A
SantosSantos
X
FlamengoFlamengo
Dom 08/12 / Vila Belmiro / 16h00
Brasileirão - Série A
FlamengoFlamengo
6 x 1
AvaíAvaí
Últimas
+ Lidas da semana