Logo Netfla

"Guardadas as devidas proporções, o ataque do Flamengo lembra a Seleção de 70", diz Sormani

Líder do Campeonato Brasileiro com 42 pontos e melhor ataque da competição com 42 gols marcados. Além dos bons números na competição nacional, o Flamengo também está na semifinal da Libertadores, onde disputa uma vaga na final contra o Grêmio. O Rubro-Negro vem encantando e é eleito por muitos como o time que apresenta o futebol mais bonito no país.

Durante o Debate Final desta terça-feira (17 de setembro), o comentarista FOX Sports Fábio Sormani fez uma comparação do ataque do Flamengo, formado por Everton Ribeiro, De Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol, com o setor ofensivo da histórica Seleção Brasileira da Copa do Mundo de 1970.

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

"Esse ataque do Flamengo me lembra, guardadas as devidas proporções, a movimentação do ataque de 70. Guardadas as devidas proporções. Não tem o Pelé, pronto. Mas é um ataque que se mexe demais e aquele ataque se mexia demais. O centroavante daquela Seleção Brasileira era o Jairzinho. Ele não era centroavante. Tostão fazia a função, mas nunca foi um centroavante. O Pelé nunca foi centroavante. Você tinha o Rivellino. Era uma movimentação intensa naquela Seleção, que pra época, causou uma grande revolução. Esse time do Flamengo, guardadas as devidas proporções, é um ataque que se movimenta demais. Claro, você tem o Everton Ribeiro mais pelo lado direito, o Arrascaeta pelo lado esquerdo, mas esses jogadores se mexem demais. O Gabriel e o Bruno Henrique se mexem muito. Uma hora você vê o Bruno Henrique centroavante e o Gabriel aberto, uma hora você vê o Gabriel fechado e o Bruno Henrique aberto. Há uma movimentação constante que confunde demais a marcação. É o que eu sempre falo, o jogador que fica parado não cansa o defensor. Se ele se mexe, o zagueiro tem que se mexer também, é difícil de marcar", comentou Sormani.

Ainda durante o programa, Sormani foi questionado sobre uma possível convocação de Gabigol para a Seleção Brasileira e afirmou que o atacante merece uma chance na equipe de Tite.

"Por essa versatilidade do Gabriel, eu acho que ele deveria ser o centroavante titular da Seleção Brasileira hoje. Porque o Firmino, na minha opinião, ele não entrega na Seleção o mesmo que no Liverpool. O Gabriel Jesus passou uma Copa do Mundo inteira sem fazer gol. Então, por quê não dar uma chance para o Gabriel na Seleção Brasileira?", finalizou.

Na sexta-feira (20), Tite vai convocar a Seleção Brasileira para os próximos dois amistosos, contra Senegal e Nigéria, nos dias 10 e 13 de outubro, respectivamente. As duas partidas serão disputadas no Estádio Nacional de Singapura.

Leia também!


(Crédito da imagem: Alexandre Vidal e Paula Reis/Flamengo)

Fonte: FoxSport

Comentários

Jogos

Próximo jogo 22 horas a partir de agora
Taça Libertadores da América
FlamengoFlamengo
X
GrêmioGrêmio
Qua 23/10 / Maracanã / 21h30
Brasileirão - Série A
FlamengoFlamengo
2 x 0
FluminenseFluminense
Últimas
+ Lidas da semana