Gestor do Boavista lamenta veto ao Nilton Santos e não quer final em Volta Redonda

Mandante na final da Taça Guanabara e botafoguense declarado, o gestor do Boavista, João Paulo Magalhães, se mostrou decepcionado com o veto do Botafogo ao Estádio Nilton Santos para a decisão do próximo domingo contra o Flamengo.

O homem forte do Verdão de Bacaxá, inclusive, fez questão de deixar claro que não gostaria que a partida fosse realizada em Volta Redonda.

"Uma pena. Eu gostaria de jogar na casa do Botafogo, pois me sinto em casa. Eu acho que o Boavista é uma extensão do Botafogo. Seria ideal o local".

- Nós estamos representando todos os demais clubes tirando os grandes. Acho que jogar em Volta Redonda será ruim para esta final. Lá é muito fora de mão e o estádio costuma ficar vazio. Você vê que Flamengo e Botafogo na semifinal tiverem pouco mais de 6 mil pessoas (foram 6.955 presentes). Uma final onde a cidade fica a quase 300 km da nossa torcida. Será somente público do Flamengo. A partida também terá a forte concorrência pelo fato do jogo ser em TV aberta - disse João Paulo.

Apesar de não concordar com o confronto em Volta Redonda, João Paulo afirmou que irá aguardar a reabertura da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), nesta quarta-feira, para ver quais medidas tomar.

- Apesar de eu ser o mandante e a definição de indicar o mando de campo ter que partir do Boavista. Vou consultar a Federação e o adversário para ver como iremos fazer para a final de um campeonato tão importante e charmoso quanto a taça Guanabara. Vou aguardar a reabertura da Federação do Rio nesta quarta para poder falar com o Departamento de competições para ver qual instruções vou receber. Caso o regulamento permita adoraria jogar em Saquarema contra o Flamengo, assim como já iremos fazer pela quarta rodada da Taça Rio. Mas entendo que, como se trata de final de turno, o mando de campo deve ser neutro - disse o gestor do Verdão de Bacaxá, que concluiu reiterando mais uma vez que gostaria de jogar no Engenhão.

- Mas eu repito. Gostaria de jogar no Nilto Santos, casa do Botafogo, onde eu me sinto em casa, por ser uma extensão do Botafogo dentro do futebol do Rio - concluiu.

Entenda o veto do Botafogo

A rivalidade aguçada entre Botafogo e Flamengo nos últimos anos ganhou mais um capítulo nesta segunda-feira: o Alvinegro comunicou à Ferj que não irá disponibilizar o Estádio Nilton Santos para a realização da final da Taça Guanabara, entre Flamengo e Boavista.

O Botafogo considera "barato" o aluguel de R$ 100 mil do estádio, preço previsto no arbitral para jogos de um grande contra time de menor expressão (nos clássicos o valor é de R$ 200 mil). No entanto, o que pesou foi o clima azedo com o rival, que venceu o Alvinegro na semifinal com direito à confusão no fim envolvendo jogadores, tudo por causa de um gesto de "chororô" de Vinicius Junior. Dirigentes alvinegros presentes em camarotes ficaram revoltados.

A decisão

Boavista e Flamengo se enfrentam no próximo domingo, às 17h, pela final da Taça Guanabara. O Boavista será o mandante partida, que ainda não tem local definido. O GloboEsporte.com vai acompanhar o confronto em Tempo Real.

Fonte: Globo Esporte

Comentários

Jogos

Carioca
Flamengo
Flamengo
3 x 1
Botafogo
Botafogo

A NETFLA

O portal tem como objetivo manter todos os torcedores e amantes do Flamengo informados sobre tudo que acontece no clube. Buscamos informações nas principais fontes de notícias sobre o Mais Querido do Mundo!!

Redes Sociais