Rio - A primeira entrevista de Gabigol em 2024 foi para Zico, maior ídolo da história do Flamengo. Na conversa com o ex-jogador, gravada antes da estreia do Rubro-Negro no ano, o atacante apostou em uma final de Campeonato Carioca contra o Fluminense e aceitou desafio de marcar, pelo menos, 35 gols na atual temporada vestindo a camisa 10.
"Acho que o Botafogo pelo investimento, com a SAF eles podem contratar alguns jogadores, ficaram alguns também do ano passado, então pode ser uma equipe muito difícil. O Vasco pelo ano ruim que teve, quase caiu, pode ser que eles voltem. E o Fluminense, o atual campeão da Libertadores. Então eu aposto no Fla-Flu na final. É um clássico muito bonito, é muito legal. Espero que dê Flamengo dessa vez", disse Gabigol, durante participação no "Resenha do Galinho", na Band.
O Fla-Flu decidiu as últimas quatro edições do Estadual. Em 2020 e 2021, o título ficou na Gávea, enquanto em 2022 e 2023 o troféu foi parar nas Laranjeiras. Artilheiro nas edições de 2020 e 2022, Gabigol projetou mais um bom começo de temporada.
"Tem muitos jogadores bons. Se não for eu, tem que ser um dos meus. O Bruno (Henrique), o Pedro... Torcer para o Arrascaeta acertar muito passe para nós, o Bruno Henrique, o De la Cruz que chegou, fininho, pequenininho, raça, rápido... Tomara que ele faça a bola chegar lá na frente para a gente (risos)."
Sobre gols, Gabigol relembrou seu recorde em uma temporada - 43 em 2019 - e foi alvo de um desafio por parte de Zico: "Menos de 35 não dá." Veio, então, uma aposta com o Galinho.
"Vou em busca disso. Se eu fizer 35, você paga o jantar. Se eu não fizer, eu te pago o jantar", brincou o camisa 10 do Flamengo.