Flamengo, Santos e América-MG prestam homenagens a Boechat

Flamengo, Santos, América-MG e Portuguesa prestaram homenagens ao jornalista Ricardo Boechat, que morreu nesta segunda-feira, aos 66 anos, após a queda de um helicóptero na Rodovia Anhanguera, em São Paulo. O profissional era torcedor declarado do Rubro-Negro, mas também já havia expressado diversas ocasiões sua admiração pelo Coelho.

O jornalista deu uma palestra durante a manhã em Campinas (SP) e retornaria à capital paulista, onde fica a redação da Band. O avião caiu por volta do meio-dia, chocando-se com um caminhão. O piloto Ronaldo Quattrucci também morreu no acidente.

O Flamengo, inclusive, foi citado por Boechat horas antes da tragédia, durante seu programa na "Bandnews FM". Ele falou sobre os desdobramentos da morte dos dez jogadores da base em um incêndio no Ninho do Urubu, na sexta-feira.

– Que o Flamengo não fique distante das investigações nas quais figura como responsável inicial. Ele precisa ser chamado a explicar, a indenizar, reparar os danos a tantas famílias. No futebol, tá cheio de gente marcando pênalti, mas pouco juiz aplicando punição máxima – disse o jornalista no ar.

Já o Santos expressou seu pesar e escreveu que Boechat era "uma das grandes figuras do jornalismo brasileiro".

O América relembrou a ocasião em que Boechat apresentou seu programa ao vivo do Mercado Central de BH e recebeu uma camisa oficial do Coelho.

"O América lamenta profundamente a trágica morte de Ricardo Boechat, referência do jornalismo e torcedor do #Coelhão. Expressamos nossos sentimentos à família e aos amigos do jornalista e das demais vítimas desse triste acidente", publicou o clube mineiro nas redes sociais.

Outro clube que tinha a admiração do jornalista era a Lusa, que também se manifestou após a tragédia.

Apresentador do "Donos da Bola", programa da TV Bandeirantes, o ex-jogador Neto se emocionou ao saber da notícia.

– Notícia dura, notícia difícil. Ninguém melhor do que ele José Luiz Datena para dar. O espaço é seu, pode passar a informação. Tempo de falar que te amo do fundo do meu coração – completou Neto.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista "IstoÉ". Ele trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil”.

Na década de 1990, o jornalista teve uma coluna diária no "Bom Dia Brasil", na TV Globo, e trabalhou no "Jornal da Globo". Foi ainda diretor de jornalismo da Band e teve passagem pelo SBT.

Boechat posa com camisa do América MG

Ricardo Boechat era admirador do América-MG (Foto: Divulgação/América-MG)

Fonte: Lancenet

Comentários

Jogos

Campeonato Carioca
FlamengoFlamengo
- x -
VascoVasco
Últimas
+ Lidas da semana