Rio - Com o melhor aproveitamento durante o período da Copa América , o Flamengo assumiu a liderança do Brasileirão mesmo com o desfalque de cinco jogadores convocados. O Rubro-Negro já contou com o retorno do chileno Pulgar, mas sabe que não contará com o quarteto uruguaio até o fim da competição. Mas existe uma preocupação com a situação física dos jogadores.
O lateral-esquerdo Matías Viña, por exemplo, foi substituído contra o Brasil por fadiga muscular. Com isso, o Flamengo tem monitorado a situação dos convocados e dialoga com o departamento médico do Uruguai . O Rubro-Negro entende que o cuidado com os atletas é de responsabilidade compartilhada , de acordo com o "ge", e por isso observa a condição física dos atletas.
Além de Matías Viña, o lateral-direito Varela e os meias De la Cruz e Arrascaeta foram convocados. Viña foi titular em todos os jogos do Uruguai na Copa América, assim como De la Cruz que também jogou quatro jogos, sendo três como titular. Arrascaeta, por sua vez, atuou três vezes, sendo uma como titular, e Varela jogou apenas um como reserva por 12 minutos.
Com a vitória sobre o Brasil nos pênaltis, o Uruguai garantiu vaga na semifinal contra a Colômbia e disputará pelo menos o terceiro lugar contra Argentina ou Canadá. A Copa América termina nesta semana, com a disputa pelo terceiro lugar no sábado (13) e a decisão pelo título no domingo (14).
Apesar do tropeço diante do Cuiabá, o Flamengo se manteve na liderança do Brasileirão, mas viu a diferença para Botafogo e Palmeiras cair para um ponto. O Rubro-Negro volta a campo na próxima quinta-feira (11), às 20h (de Brasília), contra o Fortaleza, no Maracanã, pela 16ª rodada do campeonato.