Após a aposentadoria de Filipe Luís nesta temporada, o Flamengo possui uma lacuna aberta para outro lateral-esquerdo além de Ayrton Lucas. Sabendo disso, um dos nomes que agradam à diretoria rubro-negra é Juninho Capixaba, do RB Bragantino. As informações são do "Coluna do Fla".
A negociação com o Massa Bruta, entretanto, seria complicada. Juninho Capixaba tem contrato com o RB Bragantino até dezembro de 2026, e, para contratá-lo, o Flamengo teria que desembolsar uma compensação financeira grande, até pelo grande Campeonato Brasileiro que o lateral fez pela equipe paulista.
O lateral-esquerdo foi uma das principais peças da boa campanha do time treinado por Pedro Caixinha no último Campeonato Brasileiro. Ele fez dois gols e uma assistência em 34 jogos pelo RB Bragantino no última edição da competição, e se tornou um dos principais nomes da posição no país.
Além de Capixaba, outro nome que o Flamengo monitora para a lateral-esquerda é o de Alex Sandro. O jogador da Juventus e com passagens pela seleção brasileira tem contrato com o clube italiano até junho de 2024 e, a partir de janeiro, poderia assinar um pré-contrato para tê-lo sem custos.
Ademais, o Flamengo também monitora outro nome do RB Bragantino: o zagueiro Léo Ortiz. O defensor está na mira do Rubro-Negro para a próxima temporada e o desejo pelo acerto é mútuo entre o clube carioca e o jogador.