Rio - Líder do Brasileiro, o Flamengo iniciará nesta quinta-feira, contra o Grêmio, no Maracanã, uma sequência que irá colocar sua base e seu elenco à prova na temporada. Sem poder contar com quatro titulares, convocados para a disputa da Copa América, Tite terá que mexer bastante na equipe nas próximas partidas.
"Semana de preparação importante onde, por vezes, oportunidades são dadas para atletas que não vinham sendo utilizados. E aquele sentimento que o técnico por vezes tem, de não dar oportunidade a todos, saindo alguns atletas que são extremamente importantes, mas oportunizando a outros também que talvez se faziam merecedores antes", afirmou o treinador em entrevista à "Fla TV".
O Flamengo não poderá contar com Arrascaeta, De La Cruz, Viña, Varela e Erick Pulgar por pelo menos seis partidas. Caso contrate alguém, o Rubro-Negro também não poderá inscrevê-lo para disputar esses jogos do Brasileiro, porque a janela de transferência só irá reabrir a partir do dia 10 de julho.
Com esses desfalques, a solução será utilizar o elenco e principalmente a base. Jogadores como Wesley, Igor Jesus, Victor Hugo e Lohan tem boas chances de começarem alguns jogos como titulares. Desses seis jogos, quatro serão no Maracanã: Grêmio, Bahia, Fluminense e Cruzeiro. O Rubro-Negro ainda encara Athletico-PR e Juventude, fora de casa.