Flamengo está perto da marca de 13 mil gols em sua história; Gabigol lidera estatísticas recentes

O assunto da moda é o sistema defensivo do Flamengo , que sofreu apenas dois gols em 24 partidas em 2024, um em amistoso e outro em jogos disputado com garotos do sub-20. Mas o DNA rubro-negro aponta para a baliza adversária , e o time de Tite está muito perto de ajudar o clube a alcançar uma marca histórica no ataque: se marcar duas vezes no Fla-Flu do sábado, o Rubro-Negro chegará a 13 mil gols em quase 112 anos de futebol.

Segundo o site Fla Estatística , responsável pelo maior acervo de dados sobre a história do Flamengo na internet, são 12.998 gols desde o primeiro marcado pelo clube, em 3 de maio de 1912, quando os comandados do técnico Emmanuel Augusto Nery debutaram no esporte com goleada por 15 a 2 sobre o Mangueira. Gustavo de Carvalho, que 26 anos depois se tornaria presidente do Rubro-Negro, foi quem fez o primeiro gol, com apenas um minuto de jogo. Gustavinho ainda marcaria outros quatro no massacre .

O Flamengo também utiliza a contagem adotada pelo site Fla Estatística e está trabalhando com a possibilidade de o gol 13 mil acontecer nos próximos jogos.

Como o Flamengo utiliza os dados levantados pela Fla Estatística, uma reparação teria de ser feita . Em 21 de agosto de 2016, Leandro Damião abriu o placar da vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, em jogo que marcou a estreia de Diego Ribas com a camisa vermelha e preta. À época, o Rubro-Negro homenageou Damião com uma placa, que foi entregue por Leandro, ídolo e maior lateral-direito da história rubro-negra.

O problema é como há grande dificuldade em relação a partidas catalogadas no futebol brasileiro, historiadores fazem reparações ao longo dos anos. E pesquisa da Flaestatística recente fez com que o gol 12 mil passasse a ser de Marcelo Cirino, marcado três dias após os 2 a 1 sobre o Grêmio. Cirino fez o segundo do Flamengo na derrota por 4 a 2 sobre o Figueirense, pela Sul-Americana .

marcelo cirino flamengo — Foto: Gilvan Souza - Divulgação, Flamengo

Como o gol de Cirino aconteceu em 2016, quase nenhum rubro-negro tem dúvidas sobre quem é o artilheiro no período posterior. Obviamente o líder é Gabigol, com 155 marcados. Ele não é apenas o goleador do recorte que está perto de chegar a 1.000, mas também o sexto maior da história do clube.

Os outros que completam o top-5 são integrantes da geração que conquistou 11 títulos entre 2019 e 2022. Pedro (116), Bruno Henrique (87) e Arrascaeta (66) seguem no clube. Everton Ribeiro, com 46, transferiu-se para o Bahia.

Gabigol, Flamengo x River Plate — Foto: Reuters

Apesar de o Flamengo ter encantado com Jorge Jesus ao atropelar adversários nas conquistas do brasileiro e da Libertadores, o ano de 2019 não foi o com mais gols desde a marca dos 12 mil. Foram 153 distribuídos em 76 partidas. A temporada foi iniciada com Abel Braga, que foi campeão carioca, mas os rubro-negros só deslancharam e encantaram sob orientação do português.

Há, porém, um empate técnico com o ano de 2021, que foi inchada pela inserção de 11 rodadas do Campeonato Brasileiro de 2020 - a pandemia atrasou o término da competição. Foram 178 gols em 87 jogos. Rogério Ceni e Renato Gaúcho foram os treinadores na temporada. Nas médias, irrisória superioridade para a temporada de 21 (2,04 x 2,01).

Jorge Jesus, técnico do Flamengo, na final da Libertadores — Foto: Getty Images

Pedro marcou o gol de 12.998 no último domingo ao fechar a vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense, nos acréscimos. O Rubro-Negro tem exatamente média de dois por partida em 2024 (28 em 14). Com o Tricolor precisando sair para o jogo e diante do bom momento dos comandados de Tite, a expectativa pelo atingimento de uma marca histórica no Fla-Flu do próximo sábado só cresce. Quem vai marcar o 13 mil? Quando? E como?

Assista: tudo sobre o Flamengo no ge, na Globo e no sportv

Fonte: Globo Esporte

Últimas Notícias

Flamengo critica CBF sobre o calendário: "Escolheu Copa do Brasil, Brasileiro não tem isonomia"

Flamengo critica CBF sobre o calendário: "Escolheu Copa do Brasil, Brasileiro não tem isonomia"

Como de praxe após a apresentação de atletas, Marcos Braz e Bruno Spindel concederam entrevista coletiva nesta sexta-feira depois de apresentarem o atacante Carlinhos . Em...

Favoritos de sempre, incógnitas e desconfiança sobre grandes: Brasileirão se inicia hoje; veja análise do EXTRA

Favoritos de sempre, incógnitas e desconfiança sobre grandes: Brasileirão se inicia hoje; veja análise do EXTRA

Quais as chances do seu time ser campeão? É possível conseguir uma vaga na Libertadores? Ou a briga será para fugir do rebaixamento? A chegada de...

Cansadômetro rubro-negro: time titular do Palmeiras jogou, ao menos, uma partida a mais que o do Flamengo em 2024

Cansadômetro rubro-negro: time titular do Palmeiras jogou, ao menos, uma partida a mais que o do Flamengo em 2024

A declaração de Tite na última quarta-feira, de que é “humanamente impossível” escalar um Flamengo 100% em três frentes (Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil), teria...

CBF vai responsabilizar clubes por ação violenta de torcedores contra adversários fora do estádio

CBF vai responsabilizar clubes por ação violenta de torcedores contra adversários fora do estádio

A CBF vai responsabilizar os clubes por possíveis atos de violência de seus torcedores contra delegações adversárias ou árbitros. A determinação está no Regulamento Geral de...

Jogos da Séries A e B do Campeonato Brasileiro terão substituição extra em casos de concussão

Jogos da Séries A e B do Campeonato Brasileiro terão substituição extra em casos de concussão

As Séries A do Campeonato Brasileiro começa neste sábado com uma mudança importante no protocolo médico. A CBF anunciou, nesta sexta-feira, que haverá a possibilidade de...