Rio - O Flamengo desembarcou na manhã desta quarta-feira (3) no Rio, após empatar em 1 a 1 na estreia da Libertadores com o Millionarios, na última terça (2), em Bogotá, na Colômbia. Mesmo com um a mais na maior parte do segundo tempo, o Rubro-Negro não conseguiu segurar a vitória.
Único jogador a falar com a imprensa no Aeroporto do Galeão, o volante Allan admitiu que o resultado teve um gosto amargo para a equipe, mas concordou que o empate foi justo pelo desempenho dos dois times.
"Fomos lá para tentar vencer. Não aconteceu como esperávamos. Claro que houve fatores como altitude, o campo não estava ideal, mas pelo contexto ideal do jogo acho que o resultado foi justo, sim. Não me conformando, mas também temos que ser pé no chão e aceitar", declarou o camisa 21.
"Daqui para frente, não tem mais tempo de descanso. Vai ser essa maratona de jogos. Então, temos que recuperar quem temos que recuperar e dar continuidade ao nosso trabalho. Temos uma decisão no domingo. É tocar daqui para frente e continuar evoluindo", completou.
O Flamengo volta a campo no domingo (7) para o jogo de volta pela final do Campeonato Carioca, contra o Nova Iguaçu, carregando o placar de 3 a 0 da ida e o título encaminhado. Pela competição continental, o próximo adversário será o Palestino, do Chile, na quarta-feira (10), no Maracanã.