Rio - Na noite desta terça-feira, 12, o Conselho de Administração do Flamengo aprovou a proposta orçamentaria que foi elaborada pelo Conselho Diretor para 2024. Assim, o Rubro-Negro prevê uma arrecadação superior a R$ 1 bilhão somente em receitas recorrentes - não entra na conta, portanto, a transferência de jogadores.
A informação foi dada primeiro pelo "ge". Ainda de acordo com o site, a aprovação foi definida com 51 votos a favor e dois contra.
Além disso, o Conselho Diretor encaminhou uma proposta que prevê gasto máximo de 30 milhões de euros (pouco mais de R$ 160 milhões na cotação atual) em compras. Já na arrecadação, a proposta prevê 20 milhões de euros (quase R$ 106,7 milhões) em vendas.