Flamengo confirma a autoridades ausência de alvará e vai se responsabilizar por incêndio no CT

Os representantes do Flamengo que se reúnem na tarde desta segunda-feira com autoridades no Ministério Público confirmaram a ausência de alvará no Centro de Treinamento Ninho do Urubu. O documento estava vencido na sede da Gávea.

A nova gestão do clube se abriu ao diálogo com os órgãos presentes no encontro - Polícia Civil, Bombeiros, Prefeitura e Defesa Civil. A intenção é deixar claro que o Flamengo vai responder por tudo e se responsabilizar pela morte de dez jovens em um contêiner usado como alojamento.

Para a obtenção de alvará, é necessário o Certificado de Aprovação do Corpo de Bombeiros, ainda pendente, e considerado em processo de regularização pela entidade e pelo clube.

Em outra frente, o Flamengo já quer sinalizar que está levantando as possíveis indenizações às famílias dos jogadores mortos, antes mesmo de qualquer investigação apurar as causas do incêndio. Quem está à frente desse assunto é o vice-geral Rodrigo Dunshee.

Além dele, foram ao encontro com autoridades o presidente Rodolfo Landim, o presidente do Conselho Deliberativo, Antonio Alcides, o CEO Reinaldo Belotti e o vice-jurídico da gestão anterior, Flavio Willeman.

Fonte: Extra

Comentários

Jogos

Campeonato Carioca
FlamengoFlamengo
- x -
VascoVasco
Últimas
+ Lidas da semana