O Flamengo comunicou neste sábado (17) a saída de Juan do cargo de gerente técnico do clube. O ex-zagueiro sairá do Rubro-Negro para trabalhar na CBF.
"Atual gerente técnico do Clube de Regatas do Flamengo, Juan aceitou o convite para integrar a seleção brasileira. O Flamengo fica lisonjeado com o reconhecimento do excelente profissional, multicampeão pelo clube, e deseja sucesso no seu próximo desafio", informou o Flamengo.
Juan terá a função de ser um auxiliar direto de Dorival Júnior. Ele fará a ligação entre a comissão técnica e os analistas de dados, o planejamento de viagens de observações e as visitas a locais de treinamento, além de outras demandas. O anúncio será feito antes da primeira convocação do treinador, no dia 1 de março, quando ele chamará os jogadores que disputarão os amistosos contra Inglaterra, em 23 de março, e Espanha, dia 26.
O nome de Juan foi indicado à CBF por Dorival Júnior, com quem ele trabalhou no Flamengo em 2018 e 2022. O ex-zagueiro é o segundo profissional que a diretoria do Rubro-Negro perde nos últimos dias. Recentemente, Fabinho Soldado aceitou uma oferta do Corinthians e deixou o clube carioca.
Além de Juan, a CBF também acertou a contratação de Rodrigo Caetano, ex-Atlético-MG, que trabalhará como um diretor de seleções, sendo responsável por toda a gestão da Seleção principal e as de base. A medida faz parte de uma ideia tratada como prioridade por Ednaldo Pereira, presidente da CBF, que deseja reforçar o departamento de seleções.