Rio - Após encaminhar a venda do zagueiro Fabrício Bruno para o West Ham, da Inglaterra , o Flamengo avalia se irá relacionar o defensor para a partida contra o Millonarios, da Colômbia, na próxima terça-feira (28), pela Libertadores. O jogador ainda está à disposição do técnico Tite, mas a titularidade é questionada.
Segundo o "ge", o departamento de futebol do Flamengo debate internamente os riscos. Existe um temor para que o jogador não sofra uma lesão e perca a oportunidade de jogar na elite do futebol inglês. Assim, para diminuir os riscos, existe a possibilidade de poupá-lo e colocá-lo durante a partida somente para se despedir da torcida.
Fabrício Bruno, de 28 anos, foi negociado com o West Ham, da Inglaterra, por cerca de 15 milhões de euros (R$ 83,6 milhões). Contratado em 2022 por R$ 15 milhões junto ao Bragantino, o zagueiro disputou 114 jogos, marcou cinco gols e participou dos títulos da Libertadores e da Copa do Brasil, em 2022, além do Carioca deste ano.
Em clima de despedida de Fabrício Bruno, o Flamengo enfrenta o Millonarios, da Colômbia, na próxima terça-feira (28), às 21h (de Brasília), no Maracanã, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. O Rubro-Negro ainda não está classificado às oitavas, mas depende apenas de si para avançar de fase.