Flamengo assina acordo e se compromete a tomar medidas contra incêndio no Ninho do Urubu

Na manhã desta sexta-feira, o Flamengo assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), junto ao junto ao Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), no qual se compromete a, de acordo com a lei, adotar medidas regularizadoras contra incêndio e pânico no prazo de 90 dias. A informação inicial foi publicada pelo site do Globo Esporte e, em seguida, confirmada pelo LANCE! .

O acordo contou as assinaturas de Rodrigo Dunshee de Abranches, vice-presidente geral do Flamengo, e do coronel Roberto Robadey Costa Júnior, comandante-geral dos Bombeiros, na sede da CBMERJ. Pouco antes, a corporação, a pedido do Ministério Público, foi ao CT Ninho do Urubu realizar uma nova vistoria no local, onde ocorreu um incêndio no mês passado que matou dez jogadores das categorias de base do clube.

Agora, para o centro de treinamento ser reaberto por completo, restam o "Habite-se" e o "Alvará de Funcionamento" da Prefeitura do Rio. Cabe destacar que o prazo de três meses referente ao TAC foi proposto pelo próprio Flamengo, que viu o CT  ser interditado pela Prefeitura no dia 27 de fevereiro.

Na última terça , o Flamengo conseguiu a liberação parcial do Ninho do Urubu, o que fez com a equipe profissional pudesse utilizar os campos e a academia do local. Pernoitar no centro de treinamento e menores de idade, por decisão da 1ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, seguem proibidos.

Incêndio Ninho do Urubu

Incêndio no Ninho do Urubu ocorreu no dia 8 de fevereiro (Foto: Adriano Fontes/AM Press/Lancepress!)

Fonte: Lancenet

Comentários

Jogos

Próximo jogo 3 semanas, 3 dias a partir de agora
Copa do Brasil
Athlético PRAthlético PR
X
FlamengoFlamengo
Qua 10/07 / Arena da Baixada / 21h30
Brasileirão Seria A
CSACSA
0 x 2
FlamengoFlamengo
Últimas
+ Lidas da semana