Rio - Capitão do time nos últimos jogos, Arrascaeta discursou na prelação antes da vitória sobre o Madureira por 3 a 0 , que deu o título da Taça Guanabara 2024 ao Flamengo. O meia destacou a importância de sequer dar ao Tricolor Suburbano a possibilidade de achar que poderia pontuar e ressaltou que o elenco rubro-negro estava "completamente treinado". O uruguaio ainda pediu para quem tiver a oportunidade entrar em campo aproveitar e dar o sangue.
"Rapaziada, hoje a gente tem uma oportunidade de fecharmos com o mesmo princípio e com a mesma forma. Para isso, a gente não tem que dar nem a possibilidade para o time deles achar que pode ganhar o jogo ou empatar. A gente que vai dar o ritmo na hora que tem que ficar com a bola, na hora que tem que atacar. Todo mundo junto, como falamos no jogo anterior. Hoje tem que ser da mesma forma. Time completamente treinado. Todo mundo está preparado para jogar e todo mundo, quando tem a oportunidade, aproveita e dá o sangue", disse Arrascaeta.
Quem também falou na prelação foi Gabigol. O atacante não ficou à disposição de Tite por causa de lesão muscular , mas esteve junto do grupo para a partida contra o Madureira.
"Estar aí é bom para cara***. De verdade, cara. Eu e Wesley (também de fora por lesão muscular) sentindo assim: a gente queria muito estar aí. Aproveita, aproveita. Sei que é mais um jogo, sei que está calor, é contra um adversário que provavelmente a gente vai ganhar, mas, gente, aproveita. Estar aí é muito bom. Aproveita, vai para cima deles", afirmou Gabigol.
Depois do jogo e das comemorações no gramado do Maracanã, Arrascaeta falou novamente com o grupo no vestiário e fez questão de lembrar de Gerson. O Coringa passou, na última sexta-feira, 1, por um procedimento de pieloplastia para correção de uma estenose congênita do ureter . O tempo de recuperação é de cerca de dois meses.
"Acho justo oferecer essa taça para o Gerson, para ele. A gente sabe o quanto ele é importante para o nosso grupo dentro e fora do campo. Acho que essa taça tem que ser oferecida para ele. Também tenho certeza que a gente está fazendo um grande trabalho, mas os jogos do Flamengo daqui para frente, com certeza, vão ser muito mais difíceis. Então, temos que nos preparar muito mais. Agora é curtir a folga que a gente vai ter, mas quando voltar para o treino, saber que esse ano os objetivos são muito maiores. A gente tem que estar muito mais focado e cada um sabe o que tem que fazer", ressaltou Arrascaeta.