Logo Netfla

Fla deixa a ressaca de lado e foca no clássico contra o Brasília pelo NBB 8

Jogadores do Flamengo querem esquecer a derrota para Bauru pela Liga das Américas e focar no NBB (Foto: Brito Júnior/Divulgação)Rubro-negros querem esquecer derrota para Bauru pela Liga das Américas e focar no NBB (Foto: Brito Júnior/Divulgação)

A derrota para Bauru nas semifinais do Final Four da Liga das Américas e, consequentemente, a perda do bicampeonato do torneio continental ainda estão bem frescas na memória dos jogadores do Flamengo. Mas com os playoffs do NBB 8 batendo na porta, os atuais tricampeões nacionais não terão muito tempo de ficar na fossa. Líderes da competição com 19 vitórias em 23 jogos disputados e sem perder há três jogos, os rubro-negros precisam virar rapidamente a chave e focar suas atenções apenas na forte equipe do Brasília, adversário desta quarta-feira, às 20h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, pela 27ª rodada. A partida terá transmissão ao vivo no site da Liga Nacional de Basquete

Confira a tabela e a classificação do NBB 8

Maior pontuador do Flamengo e sexto da competição com 16.1 pontos por partida, Marquinhos sabe que a Liga das Américas já é passado e que uma vitória sobre o time do Distrito Federal, nesta quarta-feira, em casa, pode deixar os rubro-negros muito perto de carimbar o primeiro lugar da fase de classificação.

- Brasília vem fazendo bons jogos pelo NBB, e espero um jogo difícil e bem disputado. Acredito que a equipe que errar menos vai ter a maior chance de vencer. Espero que sejamos nós. Estamos jogando em casa e temos que fazer valer o mando de quadra para dar seguir vencendo na competição e consolidar de uma vez por todas esse primeiro lugar na fase de classificação - afirmou o camisa 11 da Gávea. 

Marquinhos espera uma partida dura e equilibrada diante do arquirrival Brasília (Foto: Brito Júnior/Divulgação)Marquinhos espera uma partida dura e equilibrada diante do arquirrival Brasília (Foto: Brito Júnior/Divulgação)

Apesar de os rivais não figurarem entre os quatro primeiros no momento, o técnico José Neto destaca que o clássico entre os únicos dois campeões da competição merece uma atenção especial. O comandante rubro-negro lembra ainda que Brasília foi a equipe que o Flamengo mais enfrentou na atual temporada.

- Flamengo e Brasilia sempre vai gerar uma expectativa de um jogo duro por toda história que estas equipes têm no NBB. Essa foi a equipe que mais enfrentamos na temporada. Além dos jogos oficiais do NBB 8 e da Liga das Américas, jogamos dois amistosos de pré-temporada. Isso faz com que as equipes já se conheçam bastante, tornando o jogo ainda mais equilibrado. Vamos estar preparados para poder buscar mais uma vitória no campeonato - assegurou o treinador do Flamengo.

Com as mesmas 18 vitórias em 25 partidas que o Basquete Cearense, Brasília chega ao Rio de Janeiro dividindo a quinta colocação com a equipe de Fortaleza e motivado para enfrentar os donos da casa. Depois da eliminação na Liga das Américas, o time da capital federal não perdeu mais no NBB e espera usar o jogo desta quarta-feira como trampolim na briga por um lugar no G-4 da fase de classificação.

Pesa contra o Brasília, porém, o fato de o time não bater o Rubro-Negro há mais de três anos. A última vitória em partidas oficiais ocorreu em 2012, quando o clube ainda contava com Alex, Nezinho e Paulão Prestes no elenco.

Mesmo recuperado de hipertensão intracraniana, o ala Arthur continua de fora  (Foto: Brito Júnior/Divulgação)Mesmo recuperado de hipertensão intracraniana, o ala Arthur continua de fora (Foto: Brito Júnior/Divulgação)

Nesta quarta, o técnico Bruno Savignani não contará com o ala Arthur. O jogador, que se recuperou da hipertensão intracraniana que o tirou de combate por mais de um mês, voltou aos treinos segunda-feira, mas ainda não tem condições de jogo e sequer viajou com o restante do elenco para a capital fluminense. 

Para o ala/pivô e capitão do time, Guilherme Giovannoni, o momento para o Brasília é de pensar nos benefícios de uma eventual vitória sobre os arquirrivais, deixando de lado as derrotas sofridas no histórico recente. 

- A gente quer ganhar deles por ser importante para nossa classificação. Não temos que pensar nos últimos jogos, só no próximo. Há um tabu, mas os tabus existem para serem quebrados. E a gente vai tentar fazer isso agora no Rio - afirmou o bicampeão do NBB.

Fonte: Globo Esporte

Comentários

Jogos

Próximo jogo 3 dias, 6 horas a partir de agora
Taça Libertadores da América
Emelec (EQU)Emelec (EQU)
X
FlamengoFlamengo
Qua 24/07 / George Capwell / 21h30
Brasileirão - Série A
CorinthiansCorinthians
- x -
FlamengoFlamengo
Últimas
+ Lidas da semana