Filipe Luís tem tudo para ser titular da seleção brasileira na estreia na Copa América, sexta-feira, contra a Bolívia. Nesta terça, contudo, em entrevista coletiva no Pacaembu, em São Paulo, o lateral-esquerdo teve que responder sobre outro assunto: o interesse do Flamengo .

“Acaba meu contrato, tenho a possibilidade de ficar, ou sair, as portas estão abertas. Já conversei com a comissão, não vou dizer sim para nenhum clube ou falar algo antes da Copa América”, disse o jogador, que reclamou também das especulações recentes com seu nome.

“Hoje, vocês tem o telefone. Peço, qualquer dúvida, perguntem para mim diretamente, antes de sair algo que atrapalhe, como aconteceu essa semana. Podem perguntar diretamente para mim, que eu vou falar. Só vou resolver meu futuro quando acabar a Copa América.”

Aos 33 anos, Filipe tem contrato com o Atlético de Madrid apenas até o final de junho. Sua prioridade era seguir na equipe que defendeu entre 2010 e 2014 e novamente desde 2015.

A renovação de contrato, contudo, parece improvável neste momento. Além do Flamengo, o nome de Filipe também é ligado ao Barcelona , segundo informações de jornais da Espanha.

Apesar da prioridade para a Europa, o lateral admite o sonho de um dia jogar novamente no Brasil.

“Não tomei a decisão, mas gostaria um dia, não sei se agora, no futuro, voltar a viver isso. Que jogador não sonha poder ser campeão brasileiro?”, complementou.