''Faltou humildade'', diz pai de criança ignorada por jogadores do Flamengo

mascotes do Fla (Foto: Divulgação) Mascotes do Fla antes de polêmica (Foto: Divulgação)


No futebol, o Flamengo perdeu por 2 a 0 para o Vasco e foi eliminado do Campeonato Carioca, em partida realizada neste domingo, na Arena da Amazônia, em Manaus. Mas há quem diga que a pior derrota foi ainda fora das quatro linhas. Os jogadores rubro-negros quebraram o tradicional protocolo de entrarem acompanhados de torcedores mirins no gramado e deixaram seus pequenos fãs sem entender muito o que estava acontecendo.

Após a atitude, o grupo até tentou justificar, lembrando que o ritual de entrada foi inspirado nos times de futebol americano da NFL . Todavia, os responsáveis pelos pequenos mascotes não compraram a justificativa.

- Faltou humildade, faltou respeito, consideração e, principalmente, empatia dos jogadores. Meu filho tem oito anos e ama o Flamengo. Estava ali, em uma oportunidade rara, realizando seu sonho. Na hora, ele ficou meio sem entender o que estava acontecendo. Depois, ele assistiu ao restante do jogo extremamente frustrado. Ele é apenas uma criança, não merecia isso - disse Daniel Lima, pai de um dos 11 fãs ignorados pelo capitão Wallace e restante do plantel rubro-negro.


Quem também não aprovou o comportamento da equipe foi uma mãe que não quis se identificar. Inclusive, ela mostrou estar bastante chateada com o posicionamento dos jogadores.

- Foi uma atitude triste. Meu filho ficou dias ansioso por esse momento e, na hora, foi ignorado pelos atletas. Uma tremenda falta de consideração. Na minha opinião, esses jogadores são uns idiotas que não merecem o nosso apoio - afirmou.

No entanto, nem todos os responsáveis relataram a mesma opinião a respeito do ocorrido. Para Aguinaldo Oliveira, pai de Pedro Luis, de apenas quatro anos, houve uma supervalorização sobre a conduta dos atletas. Vale dizer que no momento do hino seu filho ficou ao lado do Wallace.

- Há um certo exagero sobre o que aconteceu ontem (domingo). Eles entraram em campo daquela forma pois tinham a intenção de homenagear a torcida. Não houve prejuízo para o meu filho. Eu acredito que houve um supervalorização do fato. O Pedro, por exemplo, ficou bastante feliz. Ele estava com o Wallace - concluiu.

Internautas revolta Flamengo (Foto: GloboEsporte.com) Comentários de alguns internautas de Manaus na página do Flamengo (Foto: GloboEsporte.com)

Revolta nas redes sociais

Opiniões à parte, a verdade é que, pelo menos para os usuários das redes sociais, o comportamento foi injustificável. Dezenas de pessoas criticaram a atitude do Fla, na página oficial do clube, sendo até mesmo seus torcedores.

- Parabéns, Flamengo, por humilhar nossas crianças de Manaus, que os esperavam com tanto amor e carinho para entrar em campo, e vocês só faltaram pisar nelas. Não tem mais meu respeito - escreveu Rafaela Gonçalves.

O gesto inusitado rendeu munição aos vascaínos, lembrando, com fotos, que os jogadores deram as mãos e entraram em campo ao lado dos pequenos torcedores.



* Colaboração de Silvio Lima e Luis Paulo Dutra

Fonte: Globo Esporte
)