Rio - O Flamengo superou o Corinthians no último sábado, por 2 a 0, no Maracanã , e o atacante Everton Cebolinha valorizou não só a atuação individual, mas também a postura da equipe como um todo. Após três jogos sem vencer no Brasileirão, o Rubro-Negro conseguiu dar uma resposta às críticas dos torcedores. O camisa 11, inclusive, ressaltou a mudança de postura do time.
"Nós conversamos diariamente para ajustar algumas coisas. Uma delas foi que não dava pra continuar do jeito que estava. Por mais vontade que a gente tivesse em ganhar os jogos, acabamos deixando a desejar em algumas partes. Hoje (sábado), foi bem diferente", disse.
"Colocamos intensidade. O jogo curto também. Creio que isso estava faltando nos outros jogos. Estávamos um pouco espaçados. Mas acredito que ajustamos bem nesses dias que tivemos para treinar", ponderou.
Com lesão na panturrilha direita, Everton Cebolinha foi desfalque do Flamengo por cinco jogos. No período, o Rubro-Negro conquistou somente uma vitória. "Achei que eu ia sentir até mais. Fiquei um bom tempo fora, mas tenho trabalhado bastante. Creio que eu respondi positivamente na parte física hoje. Cansei um pouquinho mais do que no último jogo, mas é normal. Agora é descansar", afirmou.
A equipe comandada por Tite terá jogo importante na próxima quarta-feira (15), pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores. O Flamengo enfrenta o Bolívar, no Maracanã, às 21h30 (de Brasília), e precisa da vitória para ter maior tranquilidade na competição continental. "A gente sabe que é ganhar ou ganhar", garantiu Cebolinha.
Neste momento, o Rubro-Negro ocupa a terceira posição do Grupo E, com quatro pontos. São seis de desvantagem para o líder Bolívar. No segundo lugar está o Palestino, do Chile, com seis somados.