Logo Netfla

"Eu tinha que estar na seleção brasileira", diz Rafinha sobre Copa de 2018

Convidado do Bola da Vez, programa da ESPN, exibido neste sábado, Rafinha, lateral do Flamengo, falou sobre sua ausência na Copa do Mundo da Rússia. Admitindo frustração por não estar na lista de Tite para o Mundial do ano passado, o jogador, na época no Bayern de Munique, acredita que, por sua experiência no futebol europeu, poderia ter sido útil à seleção.

"Eu, em 2014 e 2018, tive, sim, muito concentrado para disputar uma Copa do Mundo. Na Copa da Rússia, fiquei muito triste, foi um golpe muito duro para mim. Eu estava muito preparado para aquele momento. Não tinha outra questão para que ele não me convocasse, claro, com muito respeito aos que foram", falou Rafinha.

"Eu só fiquei chateado porque o Tite me convocou uma vez, em 2017, para dois amistosos, que foi em fim de temporada. Eu já estava de férias. Se ele tivesse me dado mais convocações, tinha certeza que eu estaria na Copa do Mundo, porque eu estava fazendo por onde. Naquele momento, eu tinha que estar na seleção brasileira. (...) Se ele tivesse me dado mais oportunidade, eu estaria na Copa do Mundo. Falando tecnicamente, eu ajudaria muito. Conheço todos que enfrentaram o Brasil. Foi minha única frustração", completou.

Apesar disso, o lateral rubro-negro afirmou que, caso venha a ser convocado por Tite, está pronto para vestir a amarelinha novamente: "Se o Tite quiser me convocar, estou preparado".

Não é a primeira vez que Rafinha questiona as poucas oportunidades de defender o Brasil. Durante o Bem, Amigos, programa do SporTV, da última segunda-feira, o lateral afirmou que agregaria à seleção e criticou os critérios adotados pelos técnicos .

Fonte: Uol

Comentários

Jogos

Próximo jogo 3 semanas, 6 dias a partir de agora
Supercopa do Brasil
FlamengoFlamengo
X
Athletico PRAthletico PR
Dom 16/02 / Mané Garrincha / 11h00
Mundial de Clubes
FlamengoFlamengo
0 x 1
LiverpoolLiverpool
Últimas
+ Lidas da semana