Estudo mostra domínio econômico de Fla e Palmeiras no futebol brasileiro

Thiago Ribeiro/AGIF
Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo

O Itaú BBA divulgou nesta semana a edição de 2018 de seu estudo anual sobre as finanças do futebol brasileiro. O documento, que analisa dados do ano passado, mostra que pouco mudou nos modelos de gestão dos clubes da Série A, e Flamengo e Palmeiras ampliaram seu domínio econômico em relação ao ano anterior.

O estudo aponta que os dois clubes, juntos, correspondem a 22% do total de receitas de clubes da Série A. Em termos de geração de caixa – dinheiro que sobra depois de pagar despesas, impostos e encargos – a hegemonia é ainda maior, com Flamengo e Palmeiras sendo responsáveis por 38% de toda a geração de caixa dos clubes elite do futebol brasileiro.

O documento também mostra que houve um aumento geral nas receitas geradas por clubes brasileiros. As receitas totais, que incluem vendas de atletas, cresceram 17%. As recorrentes, que excluem as negociações, 11%. Os números, entretanto, são concentrados e inflados por Palmeiras, Flamengo, Grêmio e São Paulo.

As despesas cresceram junto com as receitas, e os investimentos realizados, assim como as dívidas, permanecem estagnados. Para o Itaú BBA, a cultura do futebol brasileiro sofreu poucas alterações, com clubes ganhando mais, mas gastando mais e se preocupando pouco com o futuro.

Fonte: Uol

Comentários

Jogos

Próximo jogo 4 dias, 1 hora a partir de agora
Brasileirão Série A
FlamengoFlamengo
X
PalmeirasPalmeiras
Sab 27/10 / Maracanã / 19h00
Brasileirão Série A
ParanáParaná
0 x 4
FlamengoFlamengo
Últimas
+ Lidas da semana