Entrada ‘apressada’ do Flamengo em Manaus não vai render punição ao clube

A quebra de protocolo do Flamengo na Arena da Amazônia não vai render ao Flamengo nenhuma punição além da enxurrada de críticas que a atitude gerou.

Como o fato não foi registrado na súmula confeccionada pelo árbitro Leonardo Garcia Cavaleiro, o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) não vai oferecer nenhuma denúncia.

- Só entraria em ação cado o juiz relatasse na súmula. Se tivesse feito alguma observação, aí seria outra história - explicou André Valentim, procurador do TJD.

A quebra de protocolo do Rubro-negro não é passível de nenhuma punição a partir do regulamento do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro.

A assessoria de imprensa do Flamengo informou que a ação foi de total responsabilidade dos jogadores, não cabendo à direção do clube nenhuma participação no ato.

Fonte: Extra
)