Logo Netfla

Em grande jogo, Flamengo resolve no último quarto e bate o Bauru no NBB

Nesta terça-feira, Flamengo e Bauru fizeram uma partida a altura da história do confronto entre as equipes, e protagonizaram um dos melhores jogos do NBB na atual temporada. O duelo aliou intensidade e equilíbrio nos três primeiros quartos, mas o Flamengo, com a dupla Marquinhos-Olivinha afinada, no liquidou a fatura por 80 a 72 no Tijuca Tênis Clube.

Com a vitória, o time carioca alcança os 82.6% de aproveitamento e ultrapassa o Pinheiros no número de pontos marcados, assumindo a vice-liderança do NBB. As equipes estão iguais em números de jogos. Já a o Dragão permanece na 10ª posição, ainda na zona de classificação para os play-offs.

Começo movimentado
O início do duelo na Tijuca fez jus ao tamanho de Fla e Bauru -  as duas equipes que mais se enfrentaram na história do NBB. O rubro-negro apostava em transições rápidas puxadas por Rossetto, e um Olivinha inspirado. Com os experientes Alex e Larry Taylor mal no jogo, o Bauru contou com seus reservas e um bom aproveitamento nas bolas de três para se manter na cola do Flamengo. O time do Rio de Janeiro fechou o primeiro quarto apenas um ponto a frente, em 19 a 18.

Superioridade do Flamengo e falta de luz
A equipe carioca começou o segundo período anotando duas bolas de três pontos em sequência, com Rossetto e Davi.  O Bauru seguiu a caça ao Fla liderado por Gustavo, que viu o adversário rubr-negro manter sempre uma diferença de quatro pontos. Quando o placar marcava 37 a 21 para o time da casa, a quatro minutos para o fim do quarto, a falta de luz no Tijuca Tênis Clube interrompeu a partida. Após o reinicio, Franco Balbo e companhia fecharam o segundo quarto na frente.

Bauru bota fogo no jogo
Antes sumido na partida, o americano Larry Taylor guardou tudo para o terceiro quarto. O americano embalou três cestas seguidas, duas delas de três pontos, virou a partida para o Bauru, e de quebra, se tornou o 7º jogador a alcançar a marca dos cinco mil pontos na história do NBB.

A vantagem não durou muito tempo. Após um pedido de tempo do técnico Gustavo de Conti, Marquinhos devolveu com uma bola de três, empatando o jogo. Faltando pouco mais de três minutos, o Dragão abriu quatro pontos pela primeira vez na partida, mas o camisa 11, mais uma vez, diminuiu a diferença. Faltando um minuto, Olivinha, numa linda cesta de costas, completou o serviço e empatou novamente.

Flamengo liquida no último quarto
O início do quarto período teve somente um nome: Marquinhos. O segundo maior cestinha da história do NBB fez nove pontos seguidos, em três bolas de três, aumentando a vantagem do Fla de um para oito pontos em apenas dois minutos. O rubro-negro ainda tomou sustos nos momentos finais do duelo, mas com o Bauru errando seus contra-golpes, fechou a partida em 80 a 72.

O Flamengo volta a quadra no próximo sábado, às 14h, para o clássico contra o Vasco, em São Januário. Já a equipe paulista busca se recuperar novamente fora de casa, contra o São José, na quinta-feira, às 20h.

Flamengo x Bauru NBB Marquinhos

O ala Marquinhos foi o segundo maior cestinha da partida, com 21 pontos (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

Fonte: Lancenet

Comentários

Jogos

Próximo jogo 3 dias, 18 horas a partir de agora
Taça Libertadores da América
FlamengoFlamengo
X
InternacionalInternacional
Qua 21/08 / Maracanã / 21h30
Brasileirão - Série A
VascoVasco
- x -
FlamengoFlamengo
Últimas
+ Lidas da semana