Rio - O atacante Gabigol, de 27 anos, está vivendo seu pior momento desde que chegou ao Flamengo. A temporada de 2023 provavelmente será a que o atacante menos marcará gols pelo Rubro-Negro, mas poderá ir além. O camisa 10 poderá viver sua pior temporada completa atuando no futebol brasileiro.
Pelo Flamengo, Gabigol tem números impressionantes. O seu melhor ano, foi justamente o primeiro em 2019. Naquela temporada, o atacante fez 43 gols em 59 jogos. Em 2021, o craque alcançou sua segunda melhor marca. Fez 34 gols em 45 partidas. No ano passado, Gabigol anotou 29 gols em 63 jogos. E em 2020, o atacante teve sua temporada com menos gols pelo Flamengo. Foram 27 em 43 jogos.
Atualmente, Gabigol fez 20 gols em 54 jogos. A marca é inferior até o momento a suas duas piores temporadas completas defendendo o Santos. Em 2014 e 2015, o atacante fez 21 gols em 56 partidas pelo Peixe. Na época, o atacante era apenas um menino de 19 e 20 anos. Em 2013, Gabigol fez apenas dois gols, mas foi o ano em que se profissionalizou e atuou em apenas 13 jogos. E em 2016, marcou 12 gols, porém, acabou se transferindo no meio do ano, não completando sua temporada pelo Peixe.
Ainda faltam nove partidas para o fim do Brasileiro, e Gabigol ainda tem tempo para evitar a sua pior marca na carreira. Porém, o atacante não marca há mais de dois meses. São nove jogos na seca, e ultimamente na reserva, o camisa 10 tem tido minutagem baixa. Ele não atua por mais de 30 minutos desde a derrota na final da Copa do Brasil contra o São Paulo, no Maracanã.