Em alta no sub-20, Lázaro vira tema e questionamento para Ceni, que avisa: 'Precisa ter mais intensidade'

Desde a saída de Reinier, Lázaro é a principal joia das divisões de base do Flamengo. Atualmente no time sub-20, o meia-atacante vive a sua melhor fase na categoria, o que fez o seu nome voltar a circular dentre os torcedores e ecoar até virar um questionamento a Rogério Ceni, logo após a derrota para o Red Bull Bragantino, por 3 a 2, no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

Na entrevista coletiva , Ceni comentou a respeito da não utilização de Lázaro no time profissional. De acordo com o comandante, falta "intensidade" para a promessa de 19 anos - que tem atuado de armador no time de Maurício Souza.

- O Lázaro treinou anteontem com a gente no campo principal. Eu converso sempre com ele. Ele vem de lesão. O que ele precisa é ter mais intensidade. Ele precisa ter mais intensidade pra ter oportunidades no time profissional.

Nesta temporada, Lázaro jogou quatro partidas pela equipe sub-20 e marcou cinco gols. Quanto ao time profissional, só atuou com Mauricinho, quando o técnico estava à beira do campo no Carioca, em quatro jogos (ou 141 minutos, sendo um iniciando como titular). Com Ceni, foi relacionado para dois confrontos no Estadual, porém não saiu do banco de reservas.

Sem Arrascaeta e Everton Ribeiro, que estão em ação na Copa América, Ceni tem optado por relacionar Max como meia suplente - e Vitinho time titular. Max, aliás, foi o único do banco a entrar diante do Bragantino.

+ Veja a tabela do Brasileirão

Em tempo: com seis pontos em três jogos, o Flamengo volta a campo pelo Brasileirão nesta quarta-feira, às 19h, para enfrentar o Fortaleza, no Maracanã.

Lázaro - Flamengo

Lázaro em ação pelo time sub-20 do Fla (Foto: Paula Reis / CRF)

Fonte: Lancenet
)