Rio - O técnico Dorival Júnior foi rebatido nesta sexta-feira (12) pelo vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, e o diretor Bruno Spindel. Em entrevista no Ninho do Urubu, após a apresentação de De La Cruz , os dirigentes negaram a afirmação do treinador sobre as férias de 2022, de que sua comissão desejava voltar aos treinos no dia 19 de dezembro, logo após a parada para a Copa do Mundo daquele ano.
"Roupa suja se lava em casa. Tema que é tratado aqui dentro a gente não coloca para fora. Já que ele colocou, da questão das férias de 2022, jamais foi a posição dele e da comissão técnica voltar dia 19 de dezembro", afirmou Spindel.
"É mentira dele (Dorival)", completou Braz.
"A posição da comissão técnica dele foi de (voltar) 3 de janeiro. Eu e Marcos mandamos comunicar aos jogadores que o retorno era 26 de dezembro. Num ano em que a gente jogou quase 80 jogos, espremido pela Copa do Mundo. (...) A decisão em 26 de dezembro foi minha e do Marcos. Porque a decisão não se tomava. A gente não concordava com 3 de janeiro e a gente mandou que se reapresentasse no dia 26 de dezembro", garantiu Bruno Spindel.
Marcos Braz também questionou a demora de Dorival em se posicionar sobre o assunto e lamentou a postura do treinador.
"A única pena que tenho nisso é: por que levou 12 meses para se posicionar? Porque o questionamento da imprensa em relação a por que a gente voltou no dia 26 de dezembro foi desde sempre. Aí depois que ganha do Flamengo, numa final, aí vai se posicionar. Por que não falou antes? O tadinho e o coitadinho no futebol brasileiro navegam bem", disse o dirigente.

O que disse Dorival?

No fim do ano passado, Dorival Júnior concedeu uma entrevista ao site "ge" onde falou sobre os bastidores de sua passagem pelo Flamengo. Questionado sobre os polêmicos 40 dias de férias dados ao elenco no fim de 2022, mesmo com competições importantes no início do próximo ano, Dorival disse que não concordou com a situação.
"Nossa comissão técnica não tem nada a ver com essa decisão e, pelo contrário, tinha uma opinião que foi externada em reunião após o título em Guaiaquil. Nosso desejo era de que os jogadores se reapresentassem no dia 19/12 (...). Realmente, foi um tema com vozes discordantes e decidimos para bater o martelo após a definição da renovação, porém não abriria mão desse retorno dia 19", afirmou Dorival.
Restando poucos dias para a reapresentação do elenco, o Flamengo decidiu não renovar com Dorival Júnior e contratou o português Vítor Pereira. Após os 40 dias de férias, o Flamengo perdeu todos os títulos que disputou em 2023.