Depois de cair na Conmebol Libertadores e na Copa do Brasil , o Flamengo aposta as fichas no Brasileirão . Só que o time está há três jogos sem vencer e vive uma crise com muita pressão da torcida. Dentro do clube, a diretoria também sabe que o desempenho tem sido abaixo do esperado.

De acordo com o diretor de futebol Bruno Spindel, por tudo que o Flamengo consegue oferecer aos atletas, o resultado na atual temporada deveria ter sido melhor. O cartola tratou como frustrante o momento.

"A gente sabe, todos aqui no clube, que a performance é abaixo da média, para a capacidade do investimento, estrutura, elenco, treinador. É um time de seleção do goleiro até o centroavante. É muito frustrante ter o resultado abaixo do que a gente espera", disse o cartola, ao Sportv.

Desde que Jorge Jesus deixou o clube, em julho , o Flamengo ainda não se encontrou. Primeiro com Domènec Torrent, demitido após 100 dias de trabalho , e agora com Rogério Ceni, que está pressionado e precisa de uma vitória contra o Goiás para aliviar a tensão. E Spindel comentou sobre o comando técnico.

"Claro que as mudanças de treinador impactam na performance, em mais de dois anos, a gente só demitiu um treinador, o que é diferente na história recente do Flamengo. As mudanças têm impacto, mas apenas uma delas foi decisão do clube nesses mais de 2 anos de trabalho", disse o dirigente, para finalizar.

"A gente passa por esse processo sempre, de autocrítica. Como eu disse, é um ano atípico, a saída de Jorge Jesus, uma série de outros aspectos, a gente no momento está focado em fazer tudo para ser campeão", finalizou.

O Flamengo encara o Goiás , nesta segunda-feira, fora de casa, pela 30ª rodada do Brasileirão . A equipe carioca ocupa a quarta posição, sete pontos atrás do líder São Paulo , mas com um jogo a menos para fazer na competição.