Por ​Venê Casagrande

Enquanto a Copa do Mundo acontece, os clubes do Brasil e da Europa trabalham no planejamento para o segundo semestre (no calendário brasileiro e início de temporada, na Europa). No Hamburgo, da Alemanha, não é diferente. O dirigente do clube alemão, Ralf Becker, veio ao Brasil resolver duas "pendências": os futuros do volante Walace e do lateral-esquerdo Douglas Santos.


Os dois jogadores não pretendem permanecer no Hamburgo, que caiu para a segunda divisão do campeonato alemão. Embora o interesse de ambos seja o mesmo, o destino deve ser diferente. Douglas Santos não deseja voltar ao futebol brasileiro e planeja continuar no futebol europeu. Já Walace não vê problemas em retornar ao seu país de origem.


Neste sábado (16), Ralf Becker se reuniu com Douglas Santos e um agente da TFM Agency, empresa que agencia a carreira do atleta. O contrato do lateral com o Hamburgo vai até junho de 2021, e as partes vão buscar um desfecho que seja positivo para os envolvidos.


A situação do Walace é diferente. O volante ficou muito próximo de acertar com o Flamengo em janeiro. Na ocasião, o departamento jurídico chegou a formatar o contrato do jogador por empréstimo, mas em cima da hora os alemães não aceitaram fazer o negócio. A relação com o clube ficou arranhada, e o jogador pouco entrou em campo nos meses seguintes.


Ralf Becker se reuniu com o agente de Walace, Rogério Braun, durante a semana, em São Paulo, para falar sobre o futuro do atleta.Recentemente, Carlos Noval, diretor de futebol do Flamengo, falou sobre o interesse da diretoria em Walace. O dirigente saiu pela tangente e disse que "todo bom jogador interessa".


"Qualquer bom nome vai interessar ao Flamengo. Hoje é tudo especulação. Não temos negociação por enquanto".