Rio - Único reforço do Flamengo para a temporada de 2024, o meia Nicolás de La Cruz, de 26 anos, afirmou que a insistência do Rubro-Negro em sua contratação foi algo que o deixou bastante feliz e empolgado de atuar pelo clube carioca. O jogador deixou o River Plate após o pagamento de 16 milhões de dólares (cerca de R$ 79 milhões) pelo tricampeão da Libertadores.
"Fico feliz por chegar ao Flamengo. Como foi falado, é um interesse antigo, e que em alguns momentos não deu certo. Porém, o desejo permaneceu e isso foi fundamental para que eu optasse pelo Flamengo. Demonstraram um desejo grande e foi impactante. Pude disputar uma final de Libertadores contra e agora poderei defender o clube", afirmou.
Nascido no Uruguai, Nicolás de La Cruz se colocou à disposição para atuar no posicionamento que Tite desejar no meio-campo. Em todos os lados, de forma mais recuada ou avançada.
"No meio-campo em qualquer posicionamento eu acredito que posso ajudar. Fica a critério do treinador, no lado do campo, se mais centralizado. Me coloco à disposição para atuar e poder ajudar a equipe", disse.
O uruguaio também citou o carinho que recebeu dos torcedores do Flamengo mesmo antes de chegar ao Rio e deixou claro o seu desejo de retribuir a confiança dentro de campo.
"Antes de chegarmos ao Rio já tivemos noção do carinho e do tamanho da torcida do Flamengo. Espero poder corresponder em campo todo esse carinho e essa expectativa dos torcedores", contou.
Por fim, De La Cruz citou a importância de ter companheiros de seleção uruguaia no elenco do Flamengo e o quanto isso irá facilitar sua adaptação ao clube e ao futebol brasileiro.
"Fico feliz de encontrar aqui companheiros como o Arrascaeta e o Guillermo Varela. Ele me passaram informações e também me receberam muito bem. É bastante importante, porque facilita nesse momento de adaptação", disse.