A pandemia de COVID-19 tornou ao período de transferências muito diferente do normal. Em primeiro lugar, a janela do meio de ano ainda não está aberta para a maioria das ligas da Europa e só começará quando as várias competições domésticas da temporada 2019-20 terminarem. A França, que cancelou a edição da Ligue 1 no início da pandemia, está negociando, mas o resto da Europa ainda não – embora deva estar no início de agosto.

O reinício da Champions League , em meados de agosto, lança outra questão também. Alguns jogadores já decidiram que vão trocar de equipes antes do início da competição, ou seja, o clube atual perderá um jogador – muitas vezes importante – que poderia usar na fase mata da competição (exemplo de Timo Werner). Outros vão ficar até que o seu clube termine a participação na Champions.

Dito isto, vários acordos importantes foram feitos até agora, então aqui estão as notas. As mais recentes estão no topo.

ARTHUR - 72 milhões de euros

Juventus : 8,5

Barcelona : 7,5

Se as contas do Barcelona pudessem receber um 10, isso aconteceria. Esse acordo foi inteiramente conduzido para garantir que o Barça recebesse os 70 milhões necessários para equilibrar suas contas. A ESPN revelou em maio que o clube catalão precisava embolsar esse valor antes de 30 de junho, com base em um plano de receita elaborado no início da temporada, que contava com 124 milhões de euros em vendas de jogadores. E eles conseguiram. Mas eles venderam um garoto de 24 anos com enorme potencial e o trocaram por um jogador de 30 anos que não precisam.

A Juve definitivamente obtém o melhor resultado do acordo aqui. Trocar Pjanic era algo que eles claramente queriam fazer nesta janela, e ainda contrataram Arthur por efetivamente 12 milhões de euros – mais 10 milhões de euros em complementos.

MIRALEM PJANIC - 60 milhões de euros

Juventus: 8,5

Barcelona: 7,5

Pjanic chega por 12 milhões a menos que Arthur, o que faz sentido dada as idades dos jogadores, mas é um acordo que definitivamente sorri mais para a Juve do que para o Barça. O bósnio é um bom jogador e deve se sentir confortável no Barcelona, mas é preciso questionar se o clube o contratou pelas razões certas.

A Juve não verá os 60 milhões de euros, mais outros 5 milhões em complementos, pois serão engolidos pelo valor de Arthur. Mas eles se saíram bem ao mudar de um garoto de 30 anos para outro de 24 anos a um custo líquido de apenas 12 milhões.

PABLO MARI - 13.5 milhões de libras

Flamengo : 8,0

Arsenal : 8,0

O período de empréstimo do espanhol acabaria se tornando permanente, já que o técnico do Arsenal Mikel Arteta acompanha o zagueiro desde que ele estava no Manchester City . Um preço de 13,5 milhões de libras não é muito hoje em dia e, aos 26 anos, ele tem muito a evoluir. A questão é que ele foi submetido recentemente a uma cirurgia no tornozelo no mês passado. Como ele voltará será fundamental, enquanto os torcedores dos Gunners também se preocuparão com o novo contrato de um ano de David Luiz e se as piores características do brasileiro podem afetar seu companheiro de equipe.

O Flamengo usará o dinheiro, que vale muito no Brasil, para reconstruir. Eles sentirão falta do zagueiro espanhol, mas pelo menos tiveram tempo para se adaptar.

TIMO WERNER - 53 milhões de libras

RB Leipzig : 8,0

Chelsea : 10

Havia muito pouco que RB Leipzig poderia fazer, já que Werner tinha uma cláusula de liberação em seu contrato. O clube alemão não gostaria de vendê-lo, mas não teve escolha e acabou tendo um lucro muito decente com um jogador que contratou por cerca de 10 milhões de euros em 2016.

O Chelsea precisava de um atacante de ponta, e eles certamente conseguiram um. O alemão de 24 anos tem todos os atributos para ser um sucesso na Premier League - 110 gols em 263 jogos é um ótimo retorno. O Chelsea também recebe um bônus por usar a venda de 58 milhões de libras de Morata ao Atlético de Madrid para pagar por isso.

MAURO ICARDI - 50 milhões de euros

Inter de Milão : 9,0

PSG : 9,5

A Inter fez bem ao receber 50 milhões, além de possíveis 7 milhões de euros em complementos, por um jogador que marcou muitos gols desde 2013, mas que também possui muita bagagem. Icardi e sua esposa/agente Wanda Nara parecem atrair controvérsias, com a Inter tirando a tarja de capitão dele alguns meses antes de o emprestar na janela de meio de ano de 2019.

O PSG aceitou de bom grado, com o jogador de 27 anos marcando 20 gols em 31 jogos antes da temporada da Ligue 1 ser cancelada mais cedo por causa da pandemia de coronavírus. Procurando um substituto de longo prazo para Edinson Cavani, eles conseguiram negociar a cláusula de 70 milhões de euros que estava em seu contrato de empréstimo. Mas a controvérsia nunca está longe de Icardi, então será interessante ver como ele se sai em Paris.

HAKIM ZIYECH - 40 milhões de euros

Ajax : 9,5

Chelsea: 8,5

O Ajax tem uma longa e confiável história quando se trata de vender seus jovens talentos. Por isso, 40 milhões de euros, além de outros 4 milhões em complementos, é um ótimo negócio para um jogador que pode ser substituído pelo próximo melhor jogador da base na próxima temporada. Aos 27 anos, Ziyech era um veterano no clube holandês, dada a idade média da equipe, e seu preço havia atingido um pico.

O Chelsea tem muito talento, mas precisava de opções para Willian e Pedro, por isso, foi sensato em buscar um jogador que impressionou muito na Champions League da temporada passada. É um valor gerenciável e a versatilidade da Ziyech também deve proporcionar outra dimensão para o time de Frank Lampard.

ALEXANDER NUBEL - Grátis

Schalke : 5,5

Bayern : 6,0

O Bayern se saiu bem na última vez em que um goleiro do Schalke foi para o clube, mas esse acordo ocorre em um momento estranho. Manuel Neuer chegou no Bayern do Schalke por 18 milhões de euros em 2011 e se tornou o melhor goleiro do mundo, mas o problema é que ele ainda é o número 1 do clube e do país aos 34 anos.

Se Nubel, de 23 anos, achava que poderia tirar proveito da iminente negociação de contrato de Neuer, isso acabou quando ele renovou até 2023. Não se engane: Nubel vai para ser reserva e certamente ficará infeliz com a falta de tempo de jogo, a menos que Neuer se machuque. O Schalke perde o capitão por nada; o Bayern recebe um reserva insatisfeito. Ninguém se deu bem até agora.

THOMAS MEUNIER - Grátis

PSG: 6,5

Borussia Dortmund : 9,5

O PSG estava planejando perder dois de seus melhores defensores de graça neste verão, mas agora que Layvin Kurzawa assinou um novo contrato, eles só precisarão arcar com as consequências da saída de Meunier. Para ser honesto, o belga nunca foi o jogador mais querido pelos torcedores e eles têm muitos jovens ansiosos para ter a chance de brilhar, como Colin Dagba, mas permitir que ele saísse pela porta da frente de graça foi um erro.

O Dortmund, por outro lado, atacou novamente. Substituir Hakimi após o vencimento do empréstimo não seria uma tarefa fácil, mas Meunier, de 28 anos, tem bastante gasolina no tanque e deve se dar bem na Bundesliga. Tudo isso por nada.

TANGUY KOUASSI - Grátis

PSG: 6,5

Bayern de Munique: 8,5

O PSG parece ter problemas para convencer seus jovens talentos a assinar contratos profissionais, e agora eles perderam Kouassi por nada. O francês, um defensor versátil que também pode jogar no meio-campo, chegou no time principal do PSG, mas não estava convencido das chances que teria lá.

Apesar de o jogador de 18 anos não ter se provado ainda no futebol profissional, o Bayern fez bem em contratar um bom prospecto e deve dar a ele a oportunidade de mostrar seu talento.

CEDRIC SOARES - Grátis

Southampton : 6,5

Arsenal: 4,5

Você daria um contrato de quatro anos a um defensor de 28 anos que não jogou um único jogo pelo seu clube na temporada por causa de uma lesão? Alguém daria? Bem, o Arsenal deu. É uma transferência gratuita, mas se comprometer por quatro anos com Cedric Soares não parece ser uma boa ideia.

Ele estreou nesta quarta-feira contra o Norwich , faltando seis partidas para o fim da Premier League na goleada para cima do Norwich, por 4 a 0, e fez um gol quando o jogo já estava decidido. Fato é que o Southampton emprestou o português para a Inter e para o Arsenal em temporadas consecutivas, então não sentirão falta dele, mas ficarão incomodados caso não recuperem os 6,5 milhões de euros que investiram nele em 2015.