O corpo de Denir, ex-massagista e figura histórica do Flamengo, foi velado na manhã desta terça-feira (2) no salão nobre da Gávea. A sede rubro-negra foi aberta para torcedores se despedir da figura emblemática do clube. O sepultamento ocorrerá às 16h, no cemitério Jardim da Saudade, em Mesquita. As informações são do "ge".
Nesta terça-feira (2), dirigentes do Flamengo como Marcos Braz, Bruno Spindel e Reinaldo Belotti, além de ex-jogadores como Athirson e Adílio, compareceram ao velório de Denir. Na segunda-feira (1), o corpo já havia sido velado na capela do Flamengo em um evento fechado com a presença de familiares e amigos.
Velório de Denir - Armando Paiva / Agência O Dia
Velório de Denir Armando Paiva / Agência O Dia
Denir foi diagnosticado contra um câncer no cérebro em setembro de 2022, e passou por uma cirurgia para a retirada do tumor. Logo depois, chegou a receber alta para fazer tratamento em casa e fazia visitas esporádicas ao Ninho do Urubu. Entretanto, na última quarta-feira (27), o massagista foi hospitalizado por conta de complicações no seu estado de saúde, e acabou não conseguindo superá-las.
Denir era um dos funcionários mais queridos pelo elenco rubro-negro. O massagista tinha um "ritual" com Gabigol, onde o atacante, antes de toda partida pelo Flamengo, dava um beijo na mão do funcionário. Após sua morte, jogadores e ex-atletas do Flamengo manifestaram seus pêsames, como Filipe Luís, David Luiz e Zinho.