Rio - Apesar de já estar treinando com o elenco do Corinthians, Matheuzinho ainda não teve seu empréstimo sacramentado. Segundo o site "ge", o clube paulista exige que o Flamengo mude duas cláusulas antes de assinar o contrato para contar com o lateral em 2024.
O Corinthians luta para incluir uma taxa de vitrine e embolsar uma quantia caso Matheuzinho seja vendido ao longo do ano. Além disso, o Timão tenta convencer o Rubro-Negro a retirar cláusula que permite a solicitação de retorno do jogador a qualquer momento.
As negociações pelo empréstimo de Matheuzinho foram conduzidas pelo diretor do Corinthians, Rubens Gomes, junto ao Flamengo e representantes do atleta. No entanto, o presidente do clube paulista, Augusto Melo, se recusou a assinar o contrato ao ler os termos.
Caso o impasse seja resolvido, Matheuzinho será emprestado ao Corinthians até o fim do ano. O vínculo não prevê valor de compra pré-estabelecido.