Um caso inusitado aconteceu no Twitter envolvendo um grande clube brasileiro. Uma página que posta notícias do Vasco da Gama veiculou que o presidente Alexandre Campello se reuniu com o comandante do GEPE para solucionar a questão dos materiais das torcidas organizadas do clube, que não estavam podendo entrar com faixas, bandeiras e instrumentos.


Entretanto, a conta oficial do clube no Twitter respondeu o tweet e chamou o mandatário de covarde, alegando que o próprio Alexandre Campello era quem inviabilizava a entrada do material das torcidas organizadas. Veja:


















O Esporte Interativo entrou em contato com o Vasco da Gama para esclarecer os fatos, mas o clube alegou que ainda não há um posicionamento oficial sobre o ocorrido.