Comemoração de Vinicius Júnior barrou cessão do Nilton Santos, diz Botafogo

André Mourão/AGIF
Vinicius Júnior comemora após marcar pelo Flamengo contra o Botafogo

Nesta terça-feira (13), o Botafogo emitiu nota oficial explicando seus motivos para não ceder o Nilton Santos para a realização da final da Taça Guanabara, que será disputada entre Flamengo e Boavista. De acordo com o clube, a comemoração do gol de Vinicius Junior motivou a decisão.

No sábado (10), Vinicius Júnior fez o terceiro gol do Flamengo na vitória por 3 a 1 sobre o Botafogo, em jogo válido pela semifinal da Taça Guanabara. O atacante comemorou com gesto de "chororô" em provocação ao rival. O aluguel do estádio renderia ao menos R$ 100 mil aos cofres do Alvinegro.

"A decisão foi tomada unicamente em função da comemoração de gol do atleta adversário, praticando - no entendimento dos botafoguenses - desrespeito à Instituição Botafogo, que é representada pelos seus atletas, sócios e torcedores", diz a nota.

No comunicado, o clube ofereceu ainda que a não cessão do estádio não teve motivações financeiras, já que o valor que seria pago pelo aluguel do estádio já estava previsto no regulamento da competição.

A final da Taça Guanabara será disputada neste domingo (18), às 17h (de Brasília).

Veja na íntegra a nota emitida pelo Botafogo:

O Botafogo de Futebol e Regatas informa que a final da Taça Guanabara, entre Boavista e Flamengo, não será realizada no Estádio Nilton Santos. Cabe esclarecer que:

1 - A decisão de não haver o jogo não foi motivada pelo valor estabelecido no Arbitral. O valor havia sido decidido e aprovado por todos os Clubes presentes, inclusive o Botafogo;

2 - A decisão foi tomada unicamente em função da comemoração de gol do atleta adversário, praticando - no entendimento dos botafoguenses - desrespeito à Instituição Botafogo, que é representada pelos seus atletas, sócios e torcedores;

3 - Passaram-se os dias e até hoje não houve uma manifestação, quer do jogador, quer do clube, se retratando do episódio. Pelo contrário, repercute ainda mais o gesto;

4 - Este jogador é empregado do clube adversário e, como tal, deve respeitar a ética profissional.

5 - O fato deve ser analisado muito bem. Um ato deste tipo pode provocar a violência entre os jogadores e torcedores. Queremos a paz e o respeito dentro e fora de campo.

Fonte: Uol

Comentários

Jogos

Carioca
Flamengo
Flamengo
3 x 1
Botafogo
Botafogo

A NETFLA

O portal tem como objetivo manter todos os torcedores e amantes do Flamengo informados sobre tudo que acontece no clube. Buscamos informações nas principais fontes de notícias sobre o Mais Querido do Mundo!!

Redes Sociais