Com Zico em vídeo e Marcio Braga, Landim lança candidatura ao Fla

A chapa formada por Rodolfo Landim e Rodrigo Dunshee oficializou a candidatura à presidência do Flamengo na tarde desta quinta-feira. O evento contou com um vídeo em que Zico garantia apoio ao grupo e com a presença de Marcio Braga, ex-mandatário do Rubro-Negro.

A reunião contou a com a presença de representantes dos seguintes grupos políticos: FAT, FLAFUT, Fla Raiz, FLA +, Garden, Ideologia e Sinergia. O candidato confirmou ainda a participação de Luiz Eduardo Baptista, o Bap, e abriu as portas a Wallim Vasconcellos, caso a chapa se torne vencedora do pleito.

Durante o evento, Rodolfo Landim ressaltou que, apesar de o Flamengo ter melhorado financeiramente nos últimos anos, não se tornou um clube vencedor, algo que ele coloca como uma dos objetivos principais para uma possível gestão.

- Tem várias coisas, mas estamos pensando em várias aérea. Tivemos recuperação financeira, mas clube é remo também, esportes olímpicos. Onde o Flamengo jogar, tem de ganhar. O DNA do Flamengo é de vitória. Todos os esportes temos de transformar o Flamengo em vitória - disse ele, que completou:

- Não posso ver o Flamengo perder da forma que perde, com apatia, sem reação, como se tudo fosse normal. A história mostra dezenas de títulos, somos uma verdadeira nação, 42 milhões de torcedores e temos que liderar tudo. Não temos visto isso.

Marcio Braga também lembrou derrotas recentes que o Rubro-Negro teve no futebol

- Como cartola, tenho 53 títulos ao todo. Conheço o Rodolfo desde menino. O avô dele era um grande rubro-negro. Estou entusiasmado com a candidatura porque estou cansado de perder. Temos perdido, há cinco anos, quase todas as competições. Melhorou a gestão financeira, a capacidade de investimento e só tem dado errado. É visível que o erro está no comando. Não tenho nada contra o grupo que lá está, mas tem errado no futebol . Isso tem de ser mudado - afirmou.

O ex-mandatário aproveitou ainda para cutucar Eduardo Bandeira de Mello, atual presidente, quando Landim foi questionado sobre mudanças no departamento de futebol.

- O presidente é um tremendo pé-frio e ele não pode ser substituído. Ele é incompetente. Não é questão de dinheiro. Ele é pé-frio.

Por meio de um vídeo, exibido em meio ao evento, Zico declarou apoio a Landim.

"Vou apoiar a chapa do Rodolfo Landim, se confirmar... O Landim é a mesma do grupo do BAP (Luiz Eduardo Baptista), daquele grupo que entrou em 2012 e que fez essa transformação toda no Flamengo. No que é o Flamengo hoje. Toda a credibilidade que o Flamengo tem hoje, foi graças a esse grupo. E eu sou muito fiel, porque eles foram muitos corretos comigo. No momento em que eu mais precisei de apoio dentro do Flamengo. O Landim eu acho que é o nome que... Já na última eleição, eu gostaria que ele tivesse sido candidato porque ele é um cara conciliador, um cara com a cabeça tranquila, um grande administrador".

Alguns outros tópicos citados:

Resultado até o fim do ano vai influenciar na eleição?


Essa é uma pergunta complexa para ser feita para mim. Ela tem de ser feita ao eleitor. O que estamos discutindo são os resultados nos próximos três ano. Não queremos comentar muito porque queremos que o Flamengo ganhe. Não queremos tumultuar o ambiente de quem está lá. O mais importante é dizer para o eleitor que, na hora de votar, quem são as chapas que vão melhor traçar o destino do Flamengo nos próximos três anos. Analisar o trabalho das pessoas, independentemente dos resultados até o final do ano.

Estamos continuamente conversando sobre isso. Uma coisa, que comentamos claramente sobre e que sentimos que estão acomodados com as derrotas. Administrar também é direcionar recursos. Quando vamos ver a forma que utilizamos o recursos... Será que não poderia ter sido aplicado melhor?

Preços dos ingressos

É uma boa questão porque ajuda a remeter ao processo do início dessa discussão, em 2012, onde o Flamengo praticava ingressos mais altos porque vendia o almoço para comprar o jantar, como eu dizia. O Flamengo foi melhorando a situação financeira e pode tentar começar a trazer cada vez mais os torcedores para o estádio. Isso se torna um ciclo virtuoso. Começa a trazer o torcedor para o estádio, influencia no desempenho da equipe, melhora o resultado e traz mais torcedor, e que poderia ser feito ao longo do tempo. Dado a coincidência do momento que estamos vivendo, ficamos pensando: ontem (Flamengo x Cruzeiro, pelas oitavas da Libertadores) erraram a mão nesse preço. Pessoas que tivemos lá viram espaços enormes vazios. E não é isso que vamos querer. O Flamengo chegou a um nível de arrecadação que é possível ser feito (preços mais baratos).

Torcedores fora do Rio

O Flamengo não é um clube do Rio de Janeiro, é um clube nacional. Já morei em Aracaju, em Natal, na Bahia... A torcida é gigantesca e precisamos mostrar que estamos com eles, preocupados com o maior patrimônio: nossos 42 milhões de torcedores.

Chapa - Flamengo

Rodrigo Dunshee, Rodolfo Landim e Marcio Braga durante o evento (Foto: Alexandre Araújo)

Fonte: Lancenet

Comentários

Jogos

Brasileirão Série A
FlamengoFlamengo
1 x 2
Atlético PRAtlético PR
Últimas
+ Lidas da semana