Com liderança ameaçada, Flamengo recebe "pedra no sapato" Botafogo

Vítor Silva/SSPress/Botafogo
Botafogo venceu último jogo e viu o Flamengo reformular o departamento de futebol

A diferença de investimento entre Flamengo e Botafogo é enorme. Enquanto o Rubro-negro contrata grandes destaques e monta times com a expectativa de ser campeão, o Alvinegro realiza algumas apostas para criar um grupo capaz de competir com os clubes que estão com os cofres cheios.

Quando a bola rola, no entanto, o que se vê são jogos bastante equilibrados. Recentemente, inclusive, o Botafogo tem se transformado em uma "pedra no sapato" do Flamengo e deixado o rival em situações complicadas. Neste sábado (21), às 19h (de Brasília), as equipes se enfrentam no Maracanã para novo tira-teima pelo Campeonato Brasileiro.

Ainda em 2016, o Flamengo lutava ponto a ponto com o Palmeiras pelo título brasileiro. Na reta final da competição, o Rubro-negro recebeu o Botafogo de Jair Ventura em um Maracanã 90% tomado de vermelho e preto. Os esperados três pontos não vieram. Os poucos alvinegros presentes vibraram com o 0 a 0 como se fosse uma vitória e aproveitaram para tirar sarro do rival, que ficou com a terceira posição no fim das 38 rodadas, atrás ainda do Santos.

O último jogo entre as equipes também foi traumático para os rubro-negros. Favoritos para chegar à final do Campeonato Carioca, o Flamengo não resistiu ao valente Botafogo, que venceu por 1 a 0. Na comemoração, provocações ao rival com o gesto do "cheirinho".

Após a partida, o Flamengo realizou uma reestruturação no departamento de futebol. Foram demitidos o diretor executivo Rodrigo Caetano, o técnico Paulo César Carpegiani, os auxiliares Rodrigo Carpegiani e Jayme de Almeida, além do preparador físico Marcelo Martorelli. O vice de futebol Ricardo Lomba concedeu entrevista na oportunidade e até pediu desculpas ao seu torcedor por ter perdido o clássico para o Botafogo.

"O resultado é uma vergonha absurda. Peço desculpas ao torcedor com toda a sinceridade. A torcida não merece isso. É inadmissível. Não dá para imaginar o Flamengo fora de uma final do Campeonato Carioca. O sentimento é o pior possível. De vergonha, muita vergonha. Não podemos, com todo respeito ao Botafogo, que era uma equipe que estava ali querendo a mesma coisa. Jogaram bem, com vontade, com garra. Maior respeito a eles, mas não dá. O Flamengo não é isso. Peço desculpas, mas não há desculpas. É uma vergonha o que aconteceu", disse o cartola na oportunidade.

Para o jogo deste sábado, o Flamengo precisa de uma vitória para seguir na liderança do Brasileiro. Após perder para o São Paulo na última quarta-feira (18), o Rubro-negro tem apenas um ponto de vantagem para o rival paulista e espera os três pontos diante do Botafogo mesmo sabendo das dificuldades.

"Flamengo e Botafogo é um clássico. Precisamos dar importância para todos os times. Jogos assim mexem com a emoção do torcedor. O Botafogo fez uma grande partida contra o Corinthians mesmo perdendo. Trabalhamos para seguir na liderança e muitos queriam estar em nosso lugar. Podemos ganhar e abrir vantagem novamente, tudo depende da rodada. Sabemos que será difícil", comentou o goleiro Diego Alves.

Pelo lado do Botafogo, a expectativa é a de repetir o desempenho contra o Corinthians. Apesar da derrota, o futebol apresentado agradou e poderia deixar o Alvinegro próximo de um bom resultado.

"Time que gosta de ter a posse e agredir o adversário. Vamos tentar equilibrar isso com boa marcação e saída de bola. Viemos de uma boa partida, infelizmente a bola não entrou. É manter o foco e ir para cima deles", encerrou Matheus Fernandes.

FLAMENGO X BOTAFOGO

Data/hora: 21/07/2018, às 19h (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Miguel Caetano Ribeiro da Costa e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)

Flamengo
Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Diego, Uribe e Marlos Moreno; Guerrero
Técnico:Maurício Barbiei

Botafogo
Jefferson; Luís Ricardo, Carli, Rabello e Moisés; Lindoso, M. Fernandes, Léo Valência e Rodrigo Pimpão; Aguirre e Kieza
Técnico: Marcos Paquetá

Fonte: Uol

Comentários

Jogos

Próximo jogo 11 horas a partir de agora
Brasileirão Série A
ParanáParaná
X
FlamengoFlamengo
Dom 21/10 / Durival Britto / 19h00
Brasileirão Série A
FlamengoFlamengo
3 x 0
FluminenseFluminense
Últimas
+ Lidas da semana