Rio - Com a disputa da Copa América, o Flamengo teve cinco desfalques, sendo quatro jogadores da seleção uruguaia. Com a fase de grupos da competição indo até o fim do mês, as ausências eram certas em pelo menos seis jogos, porém, no caso dos atletas da Celeste, os desfalques devem se estender até o próximo dia 6.
Atual líder das Eliminatórias da Copa do Mundo, o Uruguai caiu em um grupo considerado tranquilo na Copa América. Ao lado de Estados Unidos, Panamá e Bolívia, a Celeste dificilmente não conseguirá se classificar para a próxima fase da competição. Com isso, os atletas rubro-negros deverão desfalcar o Flamengo em pelo menos mais dois jogos.
Caso avance, o Uruguai irá entrar em campo pelas quartas de final no próximo dia 6. Com isso, o Flamengo não terá De La Cruz, Arrascaeta, Varela e Viña nas partidas contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte, e contra o Cuiabá, no Rio de Janeiro. Na fase seguinte, caso se classifique, o Uruguai terá parada dura pela frente. O adversário sairá do Grupo D, que tem Brasil, Colômbia, Costa Rica e Paraguai.
Em relação ao Chile, que tem Erick Pulgar como atleta do elenco, a situação é um pouco mais complicada. A seleção está no mesmo grupo da Argentina, atual campeã da Copa do Mundo, do Peru e do Canadá. Ausentes do último Mundial, os chilenos precisaram se superar para avançar de fase.