Na cartilha do equilíbrio entre ataque e defesa, Tite não quer o Flamengo apenas sofrendo poucos gols. O treinador exaltou o desempenho ofensivo de sua equipe, reforçou que o saldo de gols é mais importante do que apenas não ser vazado e garantiu: não pretende fugir das características dos jogadores .
"Uma equipe que só se defende e prima por não tomar gol vai perder. Uma equipe que desequilibradamente busca só fazer gol e abre mão de ser consistente e organizada vai perder. Ou tem muito mais chances de perder. Quando ela consegue estabelecer um ponto de equilíbrio nessas duas situações, aí sim vejo uma grande equipe. Eu não vou tolher a capacidade criativa de uma equipe que tem um DNA criativo", afirmou o treinador em entrevista à Conmebol.
Conhecido por sempre montar equipes muito fortes defensivamente, Tite tem conseguido esse objetivo no Flamengo de 2024, com apenas um gol sofrido em 13 partidas que comandou o elenco principal . Mas o ataque também funciona muito bem, com 27 gols , numa média de dois por jogo.
"Em termos de número, análise quantitativa, o saldo de gols é uma referência. Quando eu olho uma tabela, mais do que os gols tomados, olho o saldo. Aí tenho uma noção, ele é um parâmetro de equilíbrio. Essa é a minha busca, esse é o meu ideal de equipe", avaliou.
Perto de sua primeira Libertadores pelo Flamengo, Tite vai em busca do segundo título . O primeiro foi em 2012, pelo Corinthians, que também mostrou equilíbrio entre defesa e ataque, mesmo sem desempenho ofensivo tão alto: foram dois gols sofridos e 22 marcados em 14 jogos.
O primeiro jogo do treinador e do Rubro-Negro na edição de 2024 é em 2 de abril, na altitude de 2.625 metros de Bogotá, contra o Millionarios . Além dos colombianos, o Bolívar (Bolívia) e o Palestino (Chile) estão no Grupo E.