Rio - De olho na partida contra o Millonarios, na próxima terça-feira, pela Libertadores, o Flamengo voltou a treinar neste sábado. A atividade contou com a presença de Erick Pulgar, que tem chances de voltar a ser escalado por Tite, após desfalcar novamente a equipe contra o Amazonas, em Manaus, na última quarta.
O chileno está recuperado da lesão no tornozelo esquerdo e treinou durante toda a semana. Apesar disso, por conta da falta de ritmo, o chileno acabou não participando da partida pela Copa do Brasil. O jogador, de 30 anos, não joga desde o último dia 28, quando o Flamengo foi derrotado por 2 a 0 pelo Botafogo, pela quarta rodada do Brasileirão.
Pulgar foi substituído por Allan nas últimas partidas. O volante brasileiro emplacou, inclusive, seis jogos consecutivos como titular pelo Flamengo, algo que jamais havia acontecido, desde que deixou o Atlético-MG no ano passado.
Além do chileno, a atividade teve a participação de Bruno Henrique que está recuperado de uma lesão no tornozelo esquerdo. Ele não esteve em campo na vitórias do Flamengo sobre Flamengo, Bolívar e Amazonas. O meia Nicolás de La Cruz, com um trauma no joelho direito, não participou do treino, mas não preocupa o Rubro-Negro.
Em segundo lugar do grupo E, o Rubro-Negro precisa vencer o Millonarios, na próxima terça-feira, às 21 horas (de Brasília) para se classificar para as oitavas de final da competição. Em caso de tropeço, o clube carioca terá que secar o Palestino, que joga no mesmo dia e horário, contra o Bolívar, em La Paz.